materiais de limpeza

O que é um produto de limpeza?

“O produto de limpeza ou material de limpeza é uma categoria de artigos destinados a remover substâncias indesejadas de superfícies. Substâncias essas que vão desde seres vivos, como vírus, até objetos inertes, como a poeira”

Para conhecer nossos produtos de limpeza, clique aqui!

Introdução aos Produtos de Limpeza

Há muito tempo o serviço de limpeza de ambientes deixou de ser apenas uma atividade rotineira feita por qualquer um.

produtos de limpeza

Principalmente em função da transmissão de doenças de modo superlativo como durante a pandemia, tal tarefa ganhou maior importância e relevância no cenário da saúde.

Por isso, a questão hoje não é somente limpar, mas também realizar com maestria, sem, contudo, extrapolar nas despesas.

Portanto, se você não entende nada de produtos de limpeza ou entende superficialmente, fique com a gente! Iremos, sobretudo, aprofundar seus conhecimentos sobre esse assunto de suma importância para o nosso dia a dia.

Contudo, antes de nos aprofundarmos no assunto dos produtos de limpeza, vamos trazer a luz um importante componente para o estudo da limpeza profissional ou caseira: O Ciclo de Sinner.

Certamente esse ciclo contém os principais componentes do nosso Guia em nossa lista de material de limpeza.

O que é o Ciclo de Sinner?

“Ciclo de Sinner é um enunciado que define quais são os principais motores da limpeza e atribui pesos e equilíbrio entre tais motores. Posteriormente demonstrando que a variação da força de um motor sempre é compensada pela variação no sentido inverso dos outros”

Ciclo de Sinner

O Ciclo de Sinner é composto por 4 motores, são eles: ação química, especialmente do material de limpeza; temperatura; o tempo de ação e a força mecânica. Todos eles atuando, simultaneamente, sobre aquilo que for definido como sujeira.

1. A Ação Química – Realizada de um modo geral pelos produtos de limpeza
2. Ação Mecânica – Efetuado pelos equipamentos e acessórios de limpeza
3. Tempo de Ação – Tempo em que a ação química e mecânica atuam sobre os elementos indesejáveis
4. Temperatura – Temperatura da solução de limpeza ou até mesmo da superfície daquilo que estiver sendo limpo

Para que serve o Ciclo de Sinner?

Como resultado da combinação desses 4 motores, todos atuando em forma conjunta para combater a sujeira, temos a limpeza. A operação deve combinar, todos os motores, como os produtos de limpeza e acessórios adequados, caso contrário, o resultado pode não sair como esperado.

Depois desse enunciado deve ficar claro que a combinação desses componentes tem alto nível de influência sobre o resultado almejado da limpeza.

Categorias de Produtos de Limpeza

Existem inúmeras categorias dentro de “produtos de limpeza”. Por isso, selecionamos algumas das mais relevantes que podem, de fato, fazer uma boa diferença para seu conhecimento.

Além disso, durante o texto vamos destacar alguns segmentos empresariais dos quais julgamos necessitar de mais atenção no quesito limpeza de ambientes. Destacamos entre eles: hospitais, cozinhas profissionais, escolas, condomínios, comércio, escritórios, indústrias, e empresas de facilities.

Antes do texto começar, se preferir, você pode navegar entre os tópicos:

1 – Breve história dos Produtos de Limpeza ao longo do tempo

Evidentemente, o relacionamento do ato de limpar com medidas higiênicas, na profundidade em que conhecemos hoje, nem sempre existiu.

Pelos idos de 10.000 A.C., já existiam evidências de que os seres humanos acondicionavam lixos fora de seus ambientes domésticos. Logo, a questão de manter lixo longe das casas já era uma realidade para alguns há milênios.

Havia também a presença, nas eras pré-históricas, de restos de plantas perfumadas junto às sepulturas. Isso mostra outra evidência de que a desodorização, uma espécie de limpeza, já era utilizada.

Já na Idade Média, a civilização parece que deixou de lado esse viés higiênico com material de limpeza. Como podemos observar na história, a limpeza e higiene praticamente não existiam nessa época.

A falta da higienização pode até levar a morte

Ademais, a Peste Negra nos idos de 1347, proveniente de roedores, demonstrou o quanto a ausência de medidas higiênicas pode fazer falta. Por fim, essa doença acabou ceifando a vida de milhões de seres humanos em um curto período.

Os banhos como conhecemos hoje, que no Egito de Cleópatra eram realizados com leite e mel, passaram a ser evitados na idade média. Contudo, isso levou a doenças de muitas espécies que se abateram sobre a população da época.

No livro “Tale of Two Cities (1859)” Charles Dickens narra o hábito das pessoas de jogarem dejetos humanos pelas janelas. Dickens ainda menciona a necessidade de decretos que proibiriam jogar água, urina, lixo doméstico e fezes pelas janelas de Londres e Paris.

Já em 1847, como um prenúncio da ciência e de medidas de higienização das mãos, o médico húngaro Ignaz Semmelweis reduziu a mortalidade de seu hospital de 18% das internadas, para praticamente zero em 2 anos. Tudo graças a prática de lavar as mãos com o material de limpeza da época.

Produtos de Limpeza no Brasil

No Brasil dos anos 90, o mercado brasileiro experimentou uma enxurrada de produtos de limpeza profissionais e modernos vindos de outros países.

Certamente não só a limpeza profissional que se beneficiou. Afinal, outros setores da economia também se modernizaram muito nessa década, como o automobilístico, por exemplo.

Saímos de produtos de limpeza simples como o “pano e rodo” para o uso de lavadoras automáticas. Assim, entramos também na era moderna das ceras acrílicas para pisos, que até então eram disponibilizadas apenas em versões com ceras mistas de carnaúba e parafina.

Modernização dos produtos de limpeza

Enfim, parece que uma benéfica convergência veio ao nosso encontro. Grandes áreas construídas surgiram e, junto a elas, cresceu também a necessidade da automação e maior eficiência nos produtos de limpeza para cuidar desses ambientes.

Shopping Centers e Hipermercados começaram a aparecer nessa época, bem como ambientes fabris de grande porte. Portanto, já que os acabamentos de pisos, paredes e equipamentos passaram a requerer uma higiene mais eficiente, o material de limpeza precisou evoluir.

Os direitos trabalhistas passaram a requerer ambientes mais seguros para os trabalhadores. Não podia mais haver máquinas jorrando óleo pelos pisos e gerando acidentes. Era preciso limpar profissionalmente e com muita qualidade!

Com o aumento da oferta de material de limpeza moderno e profissionalização da limpeza, houve uma redução na mão de obra necessária para realizar as atividades. Assim, o aumento na produtividade chegou também na limpeza profissional.

Posteriormente, a terceirização da limpeza ganhou muito espaço, especialmente em órgãos governamentais e empresas de grande porte.

Desse modo, temos uma mudança ímpar no cenário brasileiro. O nível de exigência por melhores produtos e serviços virou a tônica do momento.

Podemos dizer que os produtos de limpeza e seus serviços também passaram a ser analisados sobre a ótica do ROI. Contudo, são certamente adicionados os impactos sobre a saúde e ao meio ambiente. Afinal de contas, a limpeza é responsável diretamente pelo nível de saúde de nossa população.

Relevância Econômica dos Produtos de Limpeza

Para ter uma noção da relevância econômica dos segmentos, trouxemos os dados da principal associação do setor, a Abralimp.

A associação estimou, em um estudo datado de 2012, que o segmento de limpeza profissional movimentou um valor próximo a R$ 18 bilhões.

Vale um destaque especial para o número de empregados. O setor empregava mais de 760 mil pessoas em cerca de 16.500 empresas, sendo distribuído entre os prestadores de serviço e o setor comercial e industrial.

Vejamos na sequência a distribuição dos empregos:

  • Prestadores de Serviços de Limpeza – cerca de 13.200 funcionários
  • Fabricantes, Importadores e Distribuidora de Produtos de Limpeza – cerca de 3.300 empregados
13.200
3.300
0
Empregos
R$0
Valor

2 – Categoria Equipamentos de Limpeza Profissional

O que são Equipamentos de Limpeza?

“Os Equipamentos de Limpeza são produtos que fazem parte dos processos de limpeza, atuando especialmente na padronização e ampliação da capacidade produtiva dos operadores desses processos”

Esses equipamentos de limpeza são compostos por uma infinidade de itens, alguns movidos a eletricidade e muitos apenas utilizando a força do operador.

Por isso, selecionamos apenas alguns dos principais produtos de limpeza dessa categoria.

  • Enceradeiras Industriais

As Enceradeiras Industriais são máquinas geralmente movidas a eletricidade, destinadas a limpeza ou polimento de pisos em pequenas e médias áreas.

Elas apresentam diversas variações em relação às medidas de seu diâmetro de contato com o piso e de potência de motor.

Existem alguns tipos de enceradeiras industriais movidas a gás que servem, principalmente, para remoção de ceras acrílicas de grandes áreas.

Elas atuam em sinergia com outros produtos de limpeza, como os limpa pisos e discos para enceradeira, discos esses que realizam vários níveis de limpeza.

  • Polidora High Speed

A Polidora High Speed é um tipo de enceradeira destinada à grandes áreas e são usadas especialmente para polimento de ceras acrílicas.

Esse tipo de equipamento pode ser movido à eletricidade, gás, álcool e bateria, variando a autonomia de cada um deles.

A maior vantagem desses equipamentos, além da autonomia e produtividade, é aumentar a durabilidade dos tratamentos de pisos. Além disso, as polidoras mantêm o alto nível de qualidade dos tratamentos

  • Lavadoras Automáticas de Piso

As lavadoras automáticas de piso são grandes aliadas para limpeza e manutenção de pisos. Tem a função de lavar e secar, tudo na mesma operação.

Destaque ao seu altíssimo rendimento que, dependendo da potência e da medida, podem cobrir milhares de metros por hora.

Ainda que existam versões com baixo consumo de detergentes e água, é importante saber que o material de limpeza utilizado na máquina influencia diretamente no resultado final.

As modalidades desse equipamento podem variar entre modelos elétricos, baterias e a gás. Além disso, ainda podem ser pilotadas como fossem uma empilhadeira, ou seja, com profissionais embarcados em seu interior, pilotando o equipamento.

  • Aspiradores Profissionais

 Destinado a aspiração de poeira e líquidos de grandes áreas. Tem uma autonomia de funcionamento para horas, sem a necessidade de paradas.

Igualmente a outros produtos de limpeza, os aspiradores atuam também para elevar a saúde nos ambientes, já que é indiscutível o malefício de poeira para os seres humanos.

Os filtros dos aspiradores têm diversos níveis de filtragem.

Com isso, uma grande parte das partículas de poeiras são removidas, diferentemente do que acontece com o uso das vassouras, por exemplo, que podem levantar e esparramar a poeira.

  • Varredeiras

Elas se encaixam em uma categoria de produtos de limpeza que tem a especificidade de atuar predominantemente em áreas externas. Podem ser mecânicas ou movidas à gasolina.

Importante também ressaltar que existem os modelos dirigíveis, igualmente às lavadoras de piso.

Certamente uma categoria em que houve uma grande redução da mão de obra necessária para as atividades de varrição. E com isso também aumentou e o nível de qualidade no serviço final.

  • Hidrojateadoras

É uma importante categoria que tem como diferencial a possibilidade de limpeza de grandes áreas na vertical e horizontal, com alta economia de água.

Uma lavadora de alta pressão pode também preparar superfícies a fim de receber pinturas e tratamentos, basta combinar com o uso de produtos de limpeza adequados.

Outro aspecto a destacar é: ela atua muito bem sobre superfícies porosas, uma vez que a água penetra nessa porosidade com o auxílio da pressão.

Existem outros modelos que possuem dispositivos capazes de esquentar água e ainda, modelos altamente portáteis que favorecem muito na flexibilidade de tal categoria de material de limpeza.

  • Máquina de Lavar Louças

As cozinhas profissionais não poderiam ficar de fora dessa importante lista de produtos de limpeza.

Esse tipo de produto de limpeza tem uma grande variedade de portes e rendimentos. As escolhas das máquinas de lavar louças são ligadas ao volume de utensílios a serem limpos nos estabelecimentos. Conheça nesse site mais informações sobre o tema e um artigo detalhado clicando aqui!

Elas são capazes de lavar e deixar os utensílios praticamente prontos para uso. Além disso, é possível lavar grandes quantidades de louças e demais utensílios em poucos minutos.

Ademais, vale lembrar que as máquinas atuam em conjunto com o sabão e outros tipos de material de limpeza, como detergente e secantes.

  • Conjuntos de baldes com espremedores

É uma categoria de produtos de limpeza, entre as que não são elétricas e mesmo assim tem um alto rendimento por metro quadrado.

Esses tipos de material de limpeza servem para funções de higienização úmida e molhada de pisos em grandes extensões de áreas.

No entanto, pequenas áreas também podem ser beneficiadas por versões mais enxutas dessas ferramentas.

Existem até versões que borrifam material de limpeza em grande quantidade, como esse produto Mop Spray. Portanto, podemos dizer que houve grandes revoluções no mercado relacionadas a esse produto.

Até então, apenas os mops do tipo cabeleira eram utilizados, porém agora os mops do tipo plano começaram a ganhar destaque e adesão ao uso.

Isso certamente deve-se a sua maior leveza e semelhança com as tradicionais vassouras usadas em larga escala em nossas casas.

  • Limpadores e Extensões para Limpeza de Vidro

Os limpadores pertencem a uma categoria de produtos de limpeza que visa ampliar a produção da limpeza para grandes áreas envidraçadas, inclusive as muito altas.

A limpeza ocorre de um modo seguro e sem necessidade de montagem de andaimes para preparar as áreas.

Inegavelmente, tão importante como a produtividade e qualidade das tarefas, esse produto de limpeza significa muito para a segurança dos usuários.

  • Carrinhos de Limpeza

produtos de limpeza

Já com um aspecto mais organizacional e logístico, essa categoria de produtos de limpeza conduz os produtos aos ambientes onde a tarefa se faz necessária.

Decerto, a coleta de lixos também pode ser realizada pelos inúmeros tipos existentes de carrinhos.

Um destaque entre eles está o carrinho de limpeza para hospitais, que ganhou uma certa fama com a entrada do importante fabricante europeu, vindo da Itália, a TTS no Brasil. A empresa possibilitou a entrada desse material de limpeza de maior qualidade nesse ambiente que era, até então, bem precário.

Com sua vinda o mercado de alta qualidade aprimorou-se e hoje ele cresceu substancialmente.

Podemos dizer que a matéria prima, a disponibilidade de peças e a manutenção desses produtos de limpeza tem elevado muito a durabilidade dos carrinhos ao longo dos anos.

  • Diluidores de Produtos de Limpeza

De fato, já que estamos falando de equipamentos ligados a produtos de limpeza, os diluidores não podem ficar de fora da lista.

Eles possuem suma importância em garantir o uso correto dos produtos químicos de limpeza em sua devida proporção.

Os dosadores existem em muitos modelos, passando pelos mecânicos e até mesmo os eletrônicos.

Esses últimos eram predominantes nas lavanderias profissionais, mas nos últimos anos também passaram a ser encontrados em DML’s de hospitais e em outros segmentos.

A finalidade desse produto de limpeza é garantir a taxa de diluição correta, uma vez que o nível de importância é muito alta nos ambientes de auxílio à saúde.

Importante destacar que, além dos diluidores, o monitoramento periódico desses equipamentos é fundamental para o funcionamento adequado do material de limpeza utilizado em diluição.

Da mesma forma, queremos destacar a existência de sistemas de diluição automáticos na embalagem de alguns produtos de limpeza.

Assim sendo, certamente os diluidores contribuem para a portabilidade e acesso de pequenas e médias empresas a esses sistemas de dosagem.

3 – Acessórios de Limpeza Profissional

O que são Acessórios de Limpeza? 

“Os acessórios de limpeza são produtos de limpeza que participam como coadjuvantes junto dos equipamentos e operadores, melhorando, monitorando e agilizando a performance dos processos”

Nessa categoria de produtos de limpeza, de fato, os acessórios são de pequeno porte. Contudo, existe uma enorme quantidade de tipos, versões e modelos. Muito mais do que as outras categorias!

  • Vassouras e Escovas

Sendo uma tarefa milenar do ser humano, como mencionado no início deste artigo, tal produto de limpeza não poderia ficar de fora da nossa relação.

Existem modelos necessários para a realização de atividades mais básicas até algumas mais complexas, como escovação de dutos e superfícies variadas. Entre elas, temos tarefas muito importantes realizadas no segmento de produção de medicamentos e alimentação que, combinadas com outros produtos de limpeza, possuem grande efetividade.

Enfim, não estamos aqui falando apenas de vassouras antigas, as chamadas vassouras de palha e vassouras piaçava. Estamos falando também daquelas especiais que são altamente duráveis, resistentes, segmentadas por cores e facilmente higienizáveis.

  • Mop pó e Mop água

A varrição interna também tem sua necessidade amparada por essa categoria de produtos de limpeza. Assim, os mops permitem a remoção de sujeiras secas de grandes áreas sem, contudo, levantar poeira.

Entretanto, esses material de limpeza possui variações de medidas que podem ser bem úteis também em pequenos ambientes.

  • Monitores de Limpeza

Esses artigos são muito importantes quando o quesito é treinamento e fiscalização de limpeza.

Os monitores servem para verificar a sujidade da superfície e certificar que o ambiente está realmente desinfetado, e não apenas visualmente limpo.

Com o passar dos anos, novas tecnologias e formas de monitoramento mais práticas e baratas foram surgindo. Desse modo, permitindo empresas utilizarem esse método mais facilmente para o treinamento de sua equipe de limpeza.

  • Rodos

É um importante aliado da secagem, limpeza e raspagem.

Antigamente conhecido pela sua tradicional aparência com madeira e lâminas de borracha preta, agora ele tem alta tecnologia.

Ainda mais, hoje alguns modelos podem até mesmo ser esterilizados para uso em ambientes altamente dependentes de uma higienização impecável.

Além disso, existem rodos com cores diferenciadas para uso em segmentos onde a contaminação cruzada é um desafio. Da mesma forma, é possível encontrar outras inovações com diferentes propósitos, como podemos ver neste artigo da USP.

  • Fibras e Discos de Limpeza

Os discos de limpeza são usados em conjunto com outros produtos de limpeza, tais como: polidoras high speed, enceradeiras e lavadoras automáticas.

Eles promovem a limpeza dos pisos e polimento das ceras acrílicas, a depender da sua gramatura e cor relacionada à sua função.

  • Coleta Seletiva

Nesse tipo de produtos de limpeza, temos o descarte dos resíduos de todas as naturezas. Como os orgânicos, biológicos, restos de obras etc.

Enfim, todos os resíduos são descartados diretamente pelos usuários ou coletados pela equipe da limpeza.

Existem muitos tipos de lixeiras para coleta seletiva. Lixeiras com pedal, tampa basculante e muitos outros tipos.

Já em relação aos sacos de lixo, existe também uma infinidade de modelos, cores e medidas. Assim como modelos em rolo e do tipo almofada, cada qual com suas vantagens.

A grande diferenciação dos produtos de limpeza se dá pela espessura da parede do saco de lixo, bem como pela qualidade dos componentes do plástico utilizado.

Esses componentes podem ser virgens, reciclados, combinados etc.

A combinação das lixeiras com os sacos de lixo é fundamental para o melhor aproveitamento do sistema da coleta de lixo. Como exemplo, temos a diferenciação do descarte baseada em cores e de uso geral.

Para saber mais sobre os sacos de lixo, clique nesse artigo e saiba mais.

  • Pulverizadoresmaterial de limpeza

Pode parecer um produto de limpeza simples, mas esse acessório colabora muito na utilização de produtos de limpeza químicos, bem como no uso racional deles.

Existe até um termo em inglês utilizado para demonstrar a limpeza realizada com esse dispositivo, a chamada spray cleaning. O termo sintetiza a limpeza realizada junto aos pulverizadores.

A adesão ao uso é ampliada ainda mais quando o produto de limpeza químico é favorável ao uso, sendo produzido com baixo volume de resíduos sólidos.

  • Copos descartáveis

Esse tipo de artigo, apesar de não parecerem produtos de limpeza, são comumente encontrados em listas de materiais junto com os demais itens deste artigo.

Os copos são distintos em relação ao tipo e volume da matéria prima utilizada em sua produção, sendo mais ou menos resistentes.

Além também da distinção relacionada a preservação da temperatura dos líquidos utilizados em seu interior.

A capacidade, que pode variar em mililitros, também pode ser uma distinção entre eles.

Até mesmo existem dispensers que melhoram a distribuição dos copos nas empresas e liberam apenas um copo por vez ao usuário. No descarte existem lixeiras específicas que armazenam tais copos.

  • Pano Multiuso

Certamente um dos produtos de limpeza que tem ganho maior destaque na limpeza profissional pelo mundo. Especialmente quando o risco de contaminação cruzada ganha maior preocupação.

Logo, usar panos que podem ser usados e serem descartados em seguida é uma grande vantagem.

Ademais, a grande variedade de aplicações e respectivas variações chega a ser imensa.

Alguns panos descartáveis detêm grandes variações de gramatura e diferentes materiais. Por exemplo: panos de celulose, viscose, tal como polipropileno e afins.

produtos de limpeza

Temos também os produzidos em microfibra com várias cores e medidas que podem proporcionar grande qualidade e facilidade de limpeza.

Há ainda os panos impregnados com produtos de limpeza químicos, que servem para várias utilizações, como por exemplo: desinfecção de superfícies, mãos etc.

  • Epi’s e Epc’s

Os Epi’s e Epc’s são produtos que muitas vezes estão na lista de material de limpeza, mas corretamente não são considerados como tal.

Como exemplos de equipamento individual para a limpeza, temos as luvas para limpeza, máscaras descartáveis. Da mesma forma temos exemplos dos equipamentos coletivos, como as placas de sinalização, que contém dizeres de “piso molhado”.

4 – Produtos Químicos de Limpeza

O que são produtos químicos de limpeza ?

 “Produtos químicos de limpeza são compostos químicos que compatibilizam a água e a sujeira a ser removida, possibilitando assim a remoção da sujeira pela água ou algum outro veículo”

Essa categoria de produtos de limpeza é tão ampla quanto as demais. Ela é composta por produtos de natureza química em forma predominantemente líquida.

Portanto, ao invés de desenvolver somente a lista de produtos de limpeza e suas definições, antes iremos repassar um panorama geral da teoria da limpeza sob a ótica da química, a fim de elucidar esse tema tão empolgante.

Marcas de produtos de limpeza

Antes de nos aprofundarmos no tema, precisamos listar um tópico muito importante: Marcas de Produtos de Limpeza.

Sabemos que produtos de limpeza profissionais são muito eficazes e possuem um custo benefício melhor do que os domésticos. Contudo, é necessário conhecer muito bem a distribuidora e, principalmente, a marca de produto de limpeza que ela oferece.

A qualidade, além do preço do produto, é de suma importância para que a equipe de limpeza da empresa realize um serviço de desinfecção e higienização eficaz. Como mencionado anteriormente, a saúde de todos os funcionários e dos clientes dependem de um bom serviço prestado. Com a escolha das marcas de produtos de limpeza mais adequadas para sua empresa, é possível reduzir o custo, melhorar a qualidade de vida dos envolvidos e ainda reduzir a rotatividade dos produtos utilizados (facilitando assim a vida da equipe de limpeza).

Além disso, quando a empresa chega a conhecer melhor a marca de produtos de limpeza que ela utiliza com mais frequência, é possível eliminar a necessidade de procurar e de testar outras alternativas de produtos para a realização das atividades diárias de higienização. Com isso, sabendo da importância de escolher a marca de produtos de limpeza para sua empresa, vamos para o nosso próximo tópico.

Entendendo a Teoria da Limpeza – Um resumo prático

O que realmente limpa: água ou detergente?

“Quem limpa é a água, pois os detergentes são responsáveis pela dispersão ou dissolução da sujeira, enquanto o líquido, no caso a água, serve como o “veículo”  que transporta a sujeira removida”

Assim, como o meio líquido é que se responsabiliza pelo transporte da sujeira até o ponto de descarte, podemos dizer que a água é o principal agente limpador. Interessante, não é?

Mecanismos de funcionamento dos limpadores

O maior problema da limpeza consiste em dissolver ou dispersar, num veículo aquoso, uma substância (sujeira) que não é quimicamente compatível com o veículo, ou seja, que não é solúvel na água. Portanto, são os ingredientes ativos dos produtos de limpeza químicos que resolvem este problema de incompatibilidade entre as sujeiras e o veículo. Confira como isso acontece através de seus processos:

1. Limpeza Química
2. Limpeza Físico Química
3. Limpeza Bioquímica

Como funciona a Limpeza Química?

Funciona da seguinte maneira: na limpeza química, o material de limpeza ativo dos limpadores reage quimicamente com as sujeiras, inicialmente insolúveis, tornando-os solúveis em água. Ocorre, portanto, uma reação química entre o limpador e a sujeira, alterando a composição molecular de ambos.

Como funciona a Limpeza Físico – Química?

produtos de limpeza

A limpeza química, mencionada acima é um método muito eficiente, porém ela não pode ser aplicada em qualquer situação.

Existem alguns tipos de sujeiras que são quimicamente estáveis, ou seja, não reagem facilmente com outros compostos.

Mais ainda, existem ainda outros produtos oriundos da sua reação que também são insolúveis no veículo aquoso. Em situações como essa é necessário lançar mão da limpeza físico-química dentro do material de limpeza.

Neste caso não há alteração da estrutura molecular da sujeira e nem dos princípios ativos dos limpadores. Assim, a limpeza se dá por duas alternativas: formação de couraças eletrostáticas ou emulsionamento da sujeira em micelas.

Como funciona a Limpeza Bioquímica?

Funciona através de 2 processos, a Desinfecção e a Biodigestão.

  • Desinfecção
  • Biodigestão

Como funciona a Desinfecção?

O processo de desinfecção pelos produtos de limpeza é feito quando a sujeira a ser removida é uma sujeira biológica.

As sujeiras biológicas normalmente são constituídas por dejetos ou resíduos oriundos do metabolismo e da decomposição de microrganismos. As bactérias, os fungos e as algas são organismos vivos e, por consequência, geram secreções (fezes) oriundas do seu metabolismo.

Em alguns casos, tais secreções são nocivas à saúde (toxinas), além de causarem mal cheiro.

Os produtos de limpeza específicos para microrganismos contêm em sua composição algumas substâncias químicas que os matam ou esterilizam, impedindo assim sua multiplicação.

Quando os ingredientes ativos matam os microrganismos, denominamos o limpador de “desinfetante ou bactericida”.

Se, ao invés de matar, esse material de limpeza apenas impedir a reprodução dos microrganismos, o produto é chamado de “desodorizante ou bacteriostático”.

Como funciona a Biodigestão? 

A biodigestão é uma tecnologia moderna que vem se desenvolvendo dia a dia como uma alternativa eficiente. Esse processo atua principalmente na remoção de sujidades proteicas e gordurosas. Assim, a biodigestão consiste em usar enzimas e microrganismos digestores que se alimentam de proteínas e gorduras, decompondo-os em estruturas menores e solúveis.

Por tratar-se de organismos vivos, os microrganismos biodigestores exigem condições especiais, bem como pH e temperatura controladas, para executarem a limpeza. Por isso, é o material de limpeza que exige maiores cuidados durante os processos.

Uma vez colocado os conceitos acima, vamos agora a uma série de definições dos principais itens da nossa lista de produtos de limpeza químicos

  • produto de limpezaDetergente

O que é o detergente ? É um dos produtos de limpeza químicos que reduzem a tensão superficial da água, embora as superfícies mais usuais para limpeza podem variar muito. Contudo, as utilizações mais conhecidas do produto são para a lavagem da louça, uso em lavanderias, pisos, tapetes, azulejos, automóveis, pele humana etc.

Portanto, seus tipos e funções são diversos e podem variar muito dependendo das sujidades que removem.

O que sabemos é que certamente esse produto nunca falta numa lista de produtos de limpeza.

Sobretudo, o mais famoso entre eles é o Detergente Neutro. Termo que é relacionado ao pH do produto.

Existem outros tipos que se destinam à lavagem de louças em máquinas e outros que são detergentes desengraxantes, assim como também temos os detergentes hospitalares e inúmeros outros tipos.

É importante ressaltar que até mesmo para máquinas que lavam carpetes se faz necessário o uso de tipos material de limpeza específico.

  • Desinfetante

produto de limpeza

O desinfetante é um tipo de produto de limpeza destinado a eliminação de microrganismos em todo tipo de superfície, ambiente, equipamentos e até mesmo das mãos.

Temos tipos desses produtos de limpeza que são de uso geral, eles atuam em ambientes sem uma necessidade de desinfecção tão específica, como no caso de hospitais por exemplo.

Além disso, para as instituições de saúde é recomendado os desinfetantes hospitalares para superfícies fixas e artigos não críticos.

Entretanto, os artigos críticos e semi-críticos também possuem desinfetantes ainda mais adequados ao seu uso.

Ademais, nos ambientes ligados à área da alimentação, temos desinfetantes especialmente desenvolvidos para alimentos e verduras, superfícies e equipamentos etc.

Um ambiente que não poderia ficar de fora é a lavanderia. Elas também possuem suas especificidades em relação ao uso de produtos de limpeza e desinfecção. O que costuma diferenciar o tipo de produto a ser usado é sua finalidade, ou seja, para cada segmento o nível de exigência é diferente no que se diz aos microrganismos que tais desinfetantes eliminam.

Os princípios ativos de cada desinfetante, bem como a quantidade dos ativos, é o maior diferencial entre os produtos. Bem como o tempo necessário para ativação do produto após sua aplicação, que varia de acordo com a necessidade do ambiente.

A natureza dos princípios ativos é muito ampla, assim como a composição dos desinfetantes.

Modernização dos Desinfetantes

Ademais, produtos modernos que utilizam peróxido de hidrogênio, ácido peracético, PHMB (biguanida polimérica), quaternário de amônia e combinações entre esses componentes estão entre os destaques da atualidade.

Graças a combinação dessas fórmulas, como alguns produtos de limpeza da linha Optigerm, é possível eliminar bactérias em apenas 1 minuto. Evidentemente um grande avanço, uma vez que a grande maioria dos produtos precisa de até 10 minutos para eliminar as bactérias.

O avanço é tão grande que atualmente existem tipos de material de limpeza que possuem efeito residual as superfícies em que eles são utilizados por até 30 dias.

Vale ressaltar que a Anvisa é o departamento governamental que fiscaliza esse e todos os demais produtos saneantes, além da grande parte dos outros produtos de limpeza.

A Anvisa obriga que os fabricantes de produtos de enviem toda a documentação antes do lançamento de qualquer produto de limpeza, especialmente dos desinfetantes.

Fundamental papel esse dos desinfetantes, especialmente os hospitalares, haja visto a grande resistência obtida por tipos de bactérias, as chamadas multirresistentes. Logo ter produtos de limpeza especiais e usá-los corretamente pode fazer muita diferença, conforme abordamos nesse artigo.

Certamente produtos de limpeza como o desinfetante hospitalar carecem de uma correta utilização.

Segmento esse de sanitização de ambientes muito técnico. Temos orgulho da nossa contribuição para o devido esclarecimento sobre o tema na época do ápice da pandemia, com nosso artigo sobre sanitização de ambientes e produtos de limpeza nesse artigo que lhe convidamos a ler.

  • Desodorizador de ambientes

O desodorizador, diferentemente dos desinfetantes, apenas proporcionam aos ambientes um aroma agradável. Além disso, a categoria é tão importante que foi até mesmo incorporada no que chamamos de marketing olfativo.

“O Marketing Olfativo é um segmento do marketing que utiliza aspectos sensoriais do ser humano. É uma estratégia muito utilizada no varejo, e que visa aumentar o número de vendas através da utilização de fragrâncias para a criação de ambientes mais agradáveis para os clientes.”

Por outro lado, no âmbito da limpeza profissional, o objetivo do desodorizador é de criar um ambiente rico em bem-estar.

Além disso, esse produto de limpeza também visa mascarar o mau odor em ambientes onde a limpeza não consegue vencer o nível de sujidade.

Geralmente os produtos de limpeza desodorizantes são pulverizados pelos ambientes através de dispensadores específicos. Desse modo, os dispensadores automáticos são programados para funcionar de acordo com a necessidade do usuário.

Um outro tipo de produto criado dentro dessa categoria é o neutralizador de odores, que conforme o próprio nome já diz, neutraliza os aromas do ambiente, deixando o local sem aroma algum.

Nessa categoria, entre as marcas de produtos de limpeza existentes, nasce também um bloqueador de odores muito interessante. Especificamente dos odores do Número 2. Trata-se do Freecô, um inovador produto disponível para o ambiente empresarial e também se encaixa dentro dos produtos de limpeza caseiros. Clique aqui e conheça mais sobre ele.

  • Clorados

garra chlor

A categoria de produtos de limpeza dos Clorados é muito ampla. Essa categoria combina a força do cloro e seus derivados para uma excelente limpeza e desinfecção.

Os produtos de limpeza baseados em cloro caíram muito em desuso ao longo do tempo. Ambientes hospitalares, por exemplo, não o utilizam mais como antes. Contudo, cozinhas e restaurantes industriais ainda utilizam bastante os clorados.

Algumas superfícies como metais ferrosos, ceras acrílicas e plásticos podem ser danificadas pelos produtos clorados. Esse é um dos motivos por essa categoria não estar sendo tão utilizada quanto antes.

Nota Técnica 11/2020

Um ponto importante para ressaltar a respeito dessa categoria de material de limpeza é de que os usuários tendem a misturar outros produtos junto a eles. Contudo, de acordo com a Nota Técnica 11/2020 da Anvisa, essa prática pode causar sérios danos à saúde do usuário.

O que a maioria das pessoas não sabem é que, para obter a desinfecção desejada, é indicada a limpeza prévia das superfícies. Embora os produtos baseados em cloro sejam muito potentes, esses produtos de limpeza se degradam com a presença de matéria orgânica.

Portanto, para facilitar, vamos descrever o processo em 2 fases. Primeiramente, remover a sujeira da superfície que irá receber os produtos de limpeza clorados. Em seguida, na fase 2, é feita a desinfecção da superfície utilizando o produto de limpeza. Por fim, teremos o resultado almejado.

Além dessas opções, temos os detergentes clorados. Esse tipo de produto de limpeza sai da fábrica combinado com limpadores e tem um resultado excepcional na limpeza e desinfecção.

Um paradoxo grande dessa categoria de produtos de limpeza é que existe um grande risco à saúde quando usados erroneamente, como podemos ver no nosso artigo. Porém, existe um grande risco quando deixado de usar na desinfecção de saladas, por exemplo.

Dentro da categoria de produtos de limpeza químico, ainda temos alguns produtos de limpeza pesada que possuem uma funcionalidade mais específica. Iremos citar os Desengraxantes e os Desengordurantes.

O que são os produtos de limpeza pesada?

“Os produtos de limpeza pesada são produtos químicos que permitem a eliminação de resíduos, microrganismos e bactérias que outros produtos, de uso mais habitual, não conseguem remover”

  • Desengraxantesprodutos de limpeza

Nessa categoria de produtos de limpeza e higiene temos como foco a chamada limpeza pesada. Esse tipo de limpeza é feita em superfícies que estejam impregnadas com graxa e óleos de origem mineral.

Os desengraxantes podem ser encontrados principalmente nas indústrias metalúrgicas, automobilísticas, usinas e adjacências. Assim, uma vez que a presença de sujidades de origem mineral é predominante, os desengraxantes fazem um bom trabalho.

Os desengraxantes podem ser alcalinos, neutros ou até do tipo “solupan”, mas sobretudo, o nosso foco é nos líquidos, sejam neutros ou alcalinos.

Antes dos anos 90 era muito comum a utilização de desengraxantes de natureza mineral. Ou seja, os oriundos de derivados de petróleo eram comumente usados como produtos de limpeza.

Já com o aumento das questões ecológicas e da consciência em relação aos males proporcionados por tais produtos, surgiram os desengraxantes biodegradáveis. Os desengraxantes desenvolvidos visaram manter o nível da limpeza com menor impacto ao meio ambiente.

Contudo, um pouco antes deles, os desengraxantes cáusticos entraram em ação. Já que o poder de limpeza era inegavelmente maior que aqueles menos agressivos ao meio ambiente, os cáusticos chegaram a tomar grande popularidade.

Por fim, hoje em dia essa categoria evoluiu tanto que temos um alto poder de limpeza combinado com menor impacto ao meio ambiente e aos usuários.

  • Desengordurantesprodutos de limpeza

Aqui temos um alto nível de exigência em relação a proteção aos usuários e ao meio ambiente.

Essa categoria de produtos de limpeza tem um nível de importância adicional e é um pouco mais segmentada. Os desengordurantes eliminam gorduras e óleos de origem animal, principalmente dos ambientes onde a manipulação de alimentos se faz presente.

Na mesma linha de material de limpeza, temos os desincrustantes alcalinos. Assim como os desengordurantes, os desincrustantes alcalinos tendem a eliminar gorduras. Contudo, seu diferencial é a remoção especialmente daquelas sujidades que estão há muito tempo aderidas aos artigos e às superfícies.

Uma questão que diferencia bastante esses tipos de materiais é o teor de ativos de cada desengordurante. Evidentemente, cada um atribui a possibilidade de maior ou menor taxa de diluição para seu uso.

Décadas atrás era muito comum a fabricação de desengordurantes que faziam uso apenas de amoníacos em sua composição. Decerto, essa formulação conferia ao ambiente um nível de gazes muito alto e também podia e pode ser prejudicial para saúde do usuário.

Contudo, hoje podemos contar com produtos de limpeza menos agressivos ao usuário e ao meio ambiente, além de serem muito eficazes em relação a limpeza.

Conheça aqui um artigo que explica em detalhes como escolher o seu desengordurante para sua lista de material de limpeza.

  • Limpa Vidros

Limpa vidros é um tipo de produto de limpeza químico que tem como principal objetivo a limpeza dos vidros. Assim, o produto certamente também tem uma ótima performance em cristais, espelhos e demais superfícies com alto nível de brilho.

O que muda nesse produto de limpeza é a sua finalidade. Ou seja, ao invés de ser genérica, como no caso de um limpador geral, a limpeza foca em superfícies de vidro.

Contudo, nada proíbe que tal produto seja utilizado em outras superfícies, o que é muito comum de acontecer. O nível de resíduo dos limpa vidros é mínimo, o que deixa o acabamento final da limpeza ainda mais especial.

Vale ressaltar que para melhores resultados a limpeza nunca deve ser executada no momento em que o sol bate nos vidros.

  • produtos de limpezaLimpador Multiuso

É uma categoria de produtos de limpeza altamente consumida. Limpadores Multiuso são especialmente usados em ambientes domésticos ou mesmo nas pequenas empresas.

A vantagem dele se dá a sua praticidade. Esses produtos quase não têm contra indicações e podem ser utilizados em praticamente qualquer superfície.

A versão mais comum é a “pronto uso”. Porém, não é nem de longe a mais econômica e muito menos a mais ecológica. Assim, as versões de produtos de limpeza concentrados sempre acabam tendo vantagens sobre as versões prontas para uso.

  • Sabonetes para empresas

Uma importante categoria de produtos de limpeza é a dos sabonetes. Tão importante que mereceu um artigo do nosso departamento técnico, a fim de discutir quais são os quesitos que devem ser levados em conta na hora da escolha. Você pode acompanhar clicando aqui.

O que é um sabonete?

 “Sabonete é um produto químico de limpeza com ação de detergência da categoria cosmética. Ele é voltado para a higiene pessoal e seu principal objetivo é limpar e retirar da pele a gordura superficial, bem como sujeiras, bactérias e impurezas”

Existem vários tipos de sabonetes destinados a diversas funções, entre elas temos os bactericidas, que são aqueles que tem a função de desengraxar as mãos. Existe ainda nessa categoria o álcool gel, que é de suma importância, principalmente nos dias atuais.

Podemos encontrar os sabonetes na forma líquida, em gel, em barra, espuma, etc.

Ademais, não poderíamos deixar de falar do dispenser, que deve ser escolhido em conjunto com o sabonete em sua lista de produtos de limpeza.

Outro aspecto que vale ser lembrado é o rendimento e também a qualidade do produto.

  • Álcool para limpeza

O álcool é um produto de limpeza muito importante, no entanto não concordamos com o seu uso indiscriminado.

Afinal, toda lista de material de limpeza contém algumas unidades de álcool.

O tema é tão importante que também mereceu um destaque de nossa empresa, através de um artigo que você pode ver aqui.

  • Limpa Pisos

Uma vez que as maiores áreas a serem limpas são os pisos, os limpadores acabam fazendo parte de uma categoria muito ampla.

Podemos encontrar os limpa pedras, que fazem parte desta categoria. São produtos tradicionalmente ácidos que eliminam sujeiras de origem mineral presentes em pisos bastante porosos.

produtos de limpeza

Existe ainda uma infinidade de dúvidas em relação aos pisos.

Portanto, a categoria de limpa pisos é imensa e por isso gera muitas dúvidas. Sobretudo, destacamos os limpadores neutros de piso que, dentro da categoria, é o mais utilizado.

Contudo, existe uma diversos princípios ativos presentes nesses produtos, como o peróxido de hidrogênio, por exemplo. Podemos dizer que os produtos podem ser diferenciados em relação a quantidade desses ingredientes ativos. Ainda, a quantidade também atua para determinar a taxa de diluição do produto de limpeza para piso, e acaba sendo uma outra maneira de diferenciá-los.

  • Cera Líquida

Essa categoria de produtos de limpeza é destinada a proteção e embelezamento de pisos enceráveis.

A cera líquida é usada tanto em grandes ambientes, como shoppings e supermercados, quanto em pequenos ambientes que também apresentam pisos porosos, como escritórios.

Certamente dentro da categoria de cera líquida, um dos tipos é a cera acrílica, item certamente mais utilizado atualmente no mercado. Além de facilitar a limpeza, elas conferem características antiderrapantes aos pisos tratados com esse tipo de cera impermeabilizante.

Um fato importante é que a cera é diferenciada por seus ingredientes ativos e pela quantidade desses tais ingredientes. Essa informação costuma ser informada pelos distribuidores de produtos de limpeza profissional.

5 – Papéis Tissue

  • O que são Papéis Tissue?

“Os papéis tissue são papéis que ao entrar em contato com a nossa pele, apresentam propriedades resistentes, absorventes e suaves. Sua forma pode ser de lenços de papel, papéis-toalha, guardanapos ou papéis higiênicos. Ademais, suas fibras podem ser virgens, recicladas ou compostas por combinações de ambos”

Os principais tipos de papéis tissue serão relacionados a seguir. De uma forma geral, eles são produzidos em folhas simples, duplas, etc.

Ademais, a gramatura e composição das folhas permite uma grande diferenciação entre os vários produtos em relação a qualidade e ao rendimento.

Veremos abaixo os tipos mais comuns que fazem parte da maioria das listas de produtos de limpeza.

  • Papel Toalha

É um tipo de produto de limpeza descartável fabricado a partir da celulose. O papel toalha é destinado à secagem e remoção de sujeiras e bactérias das mãos e demais superfícies.

Além disso, eles são constituídos por meio de combinações de fibras celulósicas virgens, recicladas e aparas de papel de vários tipos. Suas formas mais comuns são de interfolha e rolo.

Aqui nesse artigo você conhecerá mais profundamente os detalhes dessa categoria de material de limpeza.

    • Papel toalha interfolha ou interfolhada 

Essa forma de papel é a mais indicada para ambientes pequenos com baixo fluxo de pessoas (50 a 100 pessoas).

    • Papel toalha bobina ou em rolo

É um tipo de produto de limpeza utilizado em ambientes com grande circulação de pessoas. Principalmente em indústrias, rodoviárias, aeroportos, shoppings, cinemas, etc.

    • Toalheiro ou Porta Papel Toalha 

Independente do formato escolhido, é necessário escolher um dispenser compatível para a acomodação do papel toalha. Caso contrário, a empresa poderá ter grandes desperdícios do produto de limpeza em questão.

  • Papel Higiênico

Houve um tempo em que esse produto de limpeza não existia. Era preciso improvisar. Os mais abastados optavam por usar a seda para higiene íntima, enquanto o povo usava folhas de palha descartáveis para a higienização.

O papel em higiênico chegou no mercado apenas em 1871. Contudo, há indícios de que os primeiros usos começaram no século VI, na China. No século XIV os chineses já estavam muito a frente do resto do mundo e já produziam muito papel higiênico.

Aqui você tem um artigo sobre todos os detalhes da escolha do papel higiênico pela marca, pelo tipo, preço, etc.

    • Rolo Grande ou Bobina de Papel Higiênico 

São rolos de papel higiênico de alta metragem, com medidas de 200 a 800 metros.

    • Papel higiênico Cai Cai ou interfolhado

O usuário toca apenas na folha que precisa usar, por isso é um dos modelos mais higiênicos e, consequentemente, um dos mais indicados.

Em nossos artigos exibidos semanalmente no Google, destacamos um deles que explica os prós e contras sobre cada tipo dessa categoria de produto de limpeza, veja aqui.

    • Porta Papel Higiênico

Tem a mesma importância do dispenser e precisa ser ideal para o produto escolhido. Afinal, da mesma forma que os produtos de limpeza anteriores, o uso de um suporte de papel higiênico garante a higiene e economia, reduzindo também o desperdício.

  • Guardanapos

Sobre essa categoria de produtos de limpeza destacamos um artigo específico que coloca toda a questão das vantagens de se usar guardanapos descartáveis e em sistemas de dispensadores específicos para ampliar a segurança, economia e saúde. Clique aqui e conheça.

Segmentos Empresariais

A fim de ampliar o tema, imagine que para cada uma das categorias de produtos de limpeza indicado no artigo existe sua especificidade nos segmentos de uso. Por exemplo: os produtos de limpeza para condomínio são muito diferentes dos produtos de limpeza hospitalar.

Certamente o segmento de produtos de limpeza hospitalar tem um nível maior de criticidade em relação à saúde, igualmente aos produtos de limpeza para segmentos alimentícios.

Em academias, como abordamos nesse artigo, é ainda mais peculiar.

Já os produtos de limpeza profissional, majoritariamente usados por empresas limpadoras, tem um foco diferente.

Esses produtos são usados por uma categoria de profissionais mais treinados do que os auxiliares de limpeza tradicionais de outros segmentos, e por isso existe uma diferenciação.

Se abrirmos um armário de material de limpeza de um escritório, os produtos encontrados serão bem diferentes do material de limpeza de uma indústria ou de uma escola por exemplo.

Em resumo, o que podemos dizer é que, apesar da grande extensão do artigo, abordamos apenas superficialmente os produtos de limpeza relacionados a cada segmento escolhido.

Assim, caso o leitor esteja interessado em aprofundar os conceitos já apresentados, conte com nossa empresa. Entre em contato que teremos prazer de desenvolver uma análise aprofundada para sua empresa.

Concluindo

É possível que, após a leitura do material, talvez o tema possa parecer mais complexo do que realmente é.

Contudo, certamente é um tema muito importante e, como resultado desse apanhado de assuntos, apresentamos informações cruciais para a saúde e bem-estar.

Vale ressaltar que existem fornecedores especializados em produtos de limpeza, como é o caso da Hygibras, que garantem os melhores produtos de limpeza para sua empresa. Isso é, cuidamos desde a seleção dos melhores produtos de limpeza (alguns citados no texto) até o treinamento para a aplicação deles.

Por fim, caso sinta a necessidade de encontrar toda essa infinidade de produtos de limpeza e, além disso, saber quais são os mais adequados para sua empresa, entre no nosso site e contate um dos nossos especialistas!

Agradecimento Especial na Colaboração desse Guia: Oleak.

hygibras

Saúde, Bem-Estar e Economia

Contate um de nossos especialistas!

Ou Ligue: 0800-505-2888