Estudo de Caso: Produtos de Limpeza Caseiro

Iremos apresentar um estudo de caso sobre uma pequena empresa que lista produtos de limpeza doméstica em seu repertório de itens para higienização. Contudo, antes de analisar e discutir o caso, gostaríamos de pontuar o significado de “produtos de limpeza caseiro”. O termo abrange todos os produtos de limpeza que são normalmente utilizados em residências, como: álcool, desinfetante, água sanitária etc.


Navegue pelos tópicos:


“Empresa Sucesso Ltda”

produtos de limpeza caseiro

  • O que é o produto de limpeza caseiro?

Produto de Limpeza Caseiro é uma categoria de produtos de limpeza que tem como foco a limpeza e desinfecção de ambientes domésticos, dentro de nossa casa ou de pequenos ambientes.

As empresas sempre procuram economizar em praticamente qualquer oportunidade que elas encontram em seu caminho, certo?

Bom, o setor de limpeza às vezes acaba sendo uma das vítimas desse corte de “despesas”. Todavia, nosso estudo mostrará o porquê de uma grande parcela delas estarem erradas. Muitas vezes, o barato acaba saindo mais caro!

O case ocorreu no interior de São Paulo, em uma empresa de pequeno porte que chamaremos simbolicamente de “Sucesso”.

A Sucesso presta serviços de limpeza com um atendimento personalizado. Principal motivo de seu sucesso em tão pouco tempo de mercado. Embora ela saia muito bem em sua área de atuação, logo descobrimos diversas oportunidades de melhoria. Portanto, essas melhorias viriam a aumentar sua economia e também a satisfação de seus clientes.

A fim de reduzir seus custos, a Sucesso lista produtos de limpeza caseiro e domésticos como algo que faz parte de sua rotina. Vale ressaltar que os produtos de limpeza caseiro fornecidos pela distribuidora da região tinha muita qualidade, todos líderes de mercado.

Contudo, mesmo utilizando produtos caseiros de ótima qualidade, conseguimos identificar diversas oportunidades que fizeram toda a diferença para a empresa.

O Case

case

Primeiramente, procuramos entender melhor como a Sucesso utilizava seus produtos de limpeza caseiro. Desse modo, decidimos acompanhar uma equipe de limpeza durante o período de 1 mês. Assim sendo, a empresa nos permitiu acompanhar uma pequena fábrica de materiais de limpeza hospitalar que contava com 4 auxiliares de limpeza na equipe.

Conforme acordado, visitamos a fábrica e procuramos entender exatamente como ela funcionava em relação a utilização de seus produtos de limpeza caseiro.

Além disso, também analisamos as rotinas e processos da equipe de limpeza de forma a identificar oportunidades de melhoria.

Produtos de Limpeza Caseiro: Análise e Sugestões

Após alguns dias de observação nas rotinas de limpeza, não foi difícil pontuar as melhorias que precisavam ser feitas. Importante pontuar que: para o estudo, consideramos uma média mensal de consumo dos produtos. Além disso, a Sucesso lista produtos de limpeza doméstica como correspondendo 75% do total dos itens presentes em seu repertório.

1. Água Sanitária – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 15 unidades de 1 litro por mês (15L/mês).

Finalidade: A equipe da Sucesso misturava a água sanitária com outros produtos de limpeza caseiro a fim de alvejar os panos e também higienizar sanitários.

Sugestão: Logo de cara percebemos o uso excessivo da água sanitária. Portanto, primeiramente alertamos sobre os riscos à saúde com relação a essa e outras misturas de produtos de limpeza caseiro.

Para substitui-la, sugerimos o Desinfetante Blanco Lavanda. Além dele, adicionamos o Garra Oxiativo para efetuar a limpeza e restaurativa do sanitário.

Quantidade proposta: 1 Galão 5L de Desinfetante Blanco Lavanda e 1 Galão 5L de Garra Oxiativo. Vale ressaltar que mantivemos 1 unidade de água sanitária, como produto de limpeza caseiro, apenas com a finalidade de efetuar o alvejamento dos panos de limpeza.

2. Álcool para Limpeza – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 20 unidades de 1 litro por mês (20L/mês).

Finalidade: Limpeza e desinfecção de telefones, vidros, espelhos e pisos de porcelanato.

Sugestão: Alertamos sobre a ineficácia desse produto de limpeza caseiro para as funções que ele estava sendo usado (confira aqui os motivos). Além disso, o produto ainda pode danificar as superfícies.

Para esse caso, substituímos o álcool pelo limpador geral Garra Oxiativo.

Quantidade: Apenas 750ml foi o suficiente para substituir os 20 litros de álcool.

3. Desinfetante – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 12 litros por mês (60L/mês)

Finalidade: É um dos produtos de limpeza caseiro mais utilizado pela equipe da Sucesso. O produto praticamente servia para desinfetar todo tipo de superfície.

Sugestão: Como resposta, sugerimos o uso do Desinfetante Blanco Fácil. Um produto de excelente rendimento capaz de substituir facilmente qualquer desinfetante comum.

Quantidade proposta: Uma unidade de 2 litros de solução. O rendimento é de aproximadamente 200 litros por frasco, suficiente para durar até 3 meses e meio.

4. Limpador Multiuso – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 40 unidades de 500ml por mês (20L/mês).

Finalidade: O produto era de alta qualidade e líder entre os produtos de limpeza caseira, usado para limpar paredes, portas, mobílias espelhos, etc.

Sugestão: Trocamos pelo Garra Oxiativo.

Quantidade proposta: Apenas 500 ml da solução do Garra Oxiativo foi o suficiente para evitar o uso e consequente descarte de 40 unidades do outro produto de limpeza caseiro. Assim, diminuímos drasticamente o volume de resíduos de embalagens que necessitavam o descarte.

5. Panos de Limpeza – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 30 panos por mês.

Finalidade: Utilizado para limpeza de pisos, superfícies, sanitários, etc. em conjunto com produtos de limpeza caseiro.

Sugestão: Os panos tinham todos a mesma cor, o que dificultava a diferenciação de cada um deles. Assim, após a lavagem, a equipe não conseguia diferenciar cada um deles. Como consequência, havia o risco de contaminação cruzada, ocasionada pelo uso dos panos em superfícies contaminadas e não contaminadas, sem distinção.

Desse modo, sugerimos a substituição por panos de microfibras coloridos. Como resultado, a diferenciação se tornou muito mais fácil, evitando assim a troca entre eles.

Quantidade proposta: A quantidade inicial foi a mesma, porém, a durabilidade destes tipos de panos de microfibra é muito maior do que a dos panos convencionais. O produto ainda pode ser usado tanto em superfícies como vidros, paredes, pisos quanto em cadeiras, mesas, etc.

6. Desodorizadores – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 8 unidades de 360ml por mês (aproximadamente 3L/mês).

Finalidade: A equipe de limpeza usava esses produtos de limpeza caseiros após a higienização dos sanitários, visando a perfumação. Embora não tão frequente, observamos também o uso por alguns dos funcionários da empresa.

Sugestão: Substituímos pelo Desinfetante Blanco Lavanda.

Quantidade proposta: Apropriamos apenas 500ml de produto. Ademais, adicionamos um pulverizador Oleak para auxiliar na aplicação da solução.

7. Sapólio – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 5 unidades de 300g por mês (1,5Kg/mês).

Finalidade: A equipe de limpeza da Sucesso utilizava o sapólio nos sanitários, para um melhor acabamento.

Sugestão: Entretanto, observamos que o produto não fazia nenhuma diferença na aparência dos sanitários. Sendo assim, decidimos apenas eliminar o uso de mais um item listado como produto de limpeza caseiro.

8. Limpa Vidros – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 10 frascos de 500ml por mês (5L/mês).

Finalidade: Havia diversos ambientes com vidros na empresa. O consumo desses produtos de limpeza caseiro não podia ser evitado.

Sugestão: Substituímos pelo nosso limpador multiuso Garra Oxiativo.

Quantidade proposta: Apenas 250ml de Garra Oxiativo. Essa quantidade pode substituir os 10 frascos do outro produto de limpeza caseiro usado anteriormente.

9. Detergente Neutro – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 30 unidades de 500ml por mês (15L/mês).

Finalidade: A equipe da Sucesso usava esse produto para limpeza molhada dos pisos, banheiros, etc.

Sugestão: Substituímos novamente pelo Garra Oxiativo.

Quantidade proposta: 500ml desse produto bastou para substituir os outros produtos de limpeza caseiro usados anteriormente.

10. Sabão em Pó – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 6 unidades de 800g por mês (aproximadamente 5 Kgs/mês).

Finalidade: Limpeza dos pisos externos e, em algumas ocasiões, de alguns sanitários.

Sugestão proposta: Notamos um enorme desperdício de água devido o uso do sabão em pó. Esses produtos de limpeza caseiro costumam gerar muita espuma, consequentemente demandam muita água para serem removidos. Além disso, toma muito tempo por parte da equipe da Sucesso.

Foi por isso que, sem nenhuma surpresa, substituímos novamente pelo limpador geral Garra Oxiativo. Usamos a diluição 1:50, para uma limpeza mais moderada.

Quantidade proposta: Apropriamos cerca de 500ml do novo produto.

11. Lustra Móveis – Produtos de Limpeza Caseiro

Consumo: 15 frascos de 200ml por mês (3L/mês).

Finalidade: A equipe usava em grande parte nas mobílias e portas.

Sugestão: Percebemos que nenhum local necessitava da aplicação do lustra móveis ou de outros produtos de limpeza caseiro desse tipo. Todas as portas e mobílias eram impermeáveis.

Quantidade proposta: Decidimos eliminar a utilização de qualquer produto que fosse destinado a essa finalidade.

12. Pulverizadores

A princípio, a equipe da Sucesso usava vários de seus produtos de limpeza caseiro com o auxílio de pulverizadores. Porém, notamos que os pulverizadores usados não tinham tanta eficácia. O gatilho, além de desconfortável e pouco ergonômico, apresentava baixo poder de borrifação. As profissionais da limpeza geralmente abriam o borrifador e despejavam o seu conteúdo sobre os panos ou superfícies.

Portanto, a fim de melhorar o desempenho dos novos produtos de limpeza profissionais, decidimos adicionar o Gatilho Multiaplicador Oleak. Enfim, as diferenças logo apareceram: maior economia (uma vez que a adesão ao uso desse acessório emplacou ), diferentes tipos de borrifadas foram possível  (tipo espuma e tipo spray ), além de mais ergonomia e conforto.

13. Sacos de Lixo

Consumo: Diversos sacos de diferentes medidas (40, 60 e 100 litros) nas cores azul e preta.

Finalidade: A equipe usava, na maioria das vezes, os sacos de 40 e 100 litros em lixos pequenos e médios.

Sugestão: Após a medição das lixeiras e comparação com os sacos de lixo utilizados, trocamos por sacos de lixo com medidas mais adequadas. Além disso, reorientamos a equipe sobre a separação dos resíduos orgânicos e reciclados nos sacos por cor, o que facilitou o entendimento e a separação do lixo.

Quantidade proposta: Houve uma redução de aproximadamente 15% no uso de sacos de lixo. Observamos que a gramatura de 40 e de 100 litros sempre sobrava nas lixeiras (aproximadamente 10cm), por isso adequamos diferentes tamanhos para as lixeiras.

14. Diluidor

Um dos itens que fizeram a maior diferença na logística da limpeza foram os diluidores para produtos de limpeza profissional.

Durante o nosso estudo, observamos que os produtos de limpeza caseiro ficavam estocados em uma dispensa, tipo um depósito de material de limpeza ( DML ),  com diversos produtos de limpeza caseiro amontoados. Como consequência, equipe perdia muito tempo para separar tudo aquilo que necessitavam, além de perder muito espaço que poderia ser utilizado para outros fins.

Visto que muito disso poderia ser evitado, nós resolvemos fazer a organização do DML e a instalação de uma central de diluição. A central basicamente é constituída de alguns diluidores em um mesmo local, que permitem diferentes dosagens para os diferentes produtos.

Após todas as mudanças já citadas, poucos produtos de limpeza profissional entraram no lugar de muitos produtos de limpeza caseiros. Portanto, nossa central de diluição permite ser usada para todos os produtos remanescente. Como resultado, a central melhorou muito a logística e a segurança para a equipe de limpeza.

Vale ou não a pena utilizar Produtos de Limpeza Caseiro?

Em conclusão, o resultado final foi surpreendente. Tanto para a equipe de limpeza, quanto para a Sucesso e sua contratante. Houve uma redução tão grande no uso de produtos de limpeza caseiro que, ao final, os processos passaram a ser muito mais simples.

Mesmo achando as mudanças “muito exageradas” no começo, a equipe de limpeza da Sucesso acabou se acostumando. Posteriormente, ninguém da equipe sequer lista produtos de limpeza doméstica em seu dia a dia.

O processo se tornou mais simples como um todo. Afinal, os produtos de limpeza caseiro praticamente não estavam mais sendo usados e toda a logística de limpeza ficou mais clara. Como consequência, o treinamento de novos colaboradores agora também é mais fácil. Isto é: menos itens, menos processos é igual a melhor logística e maior eficiência.

Certamente houve também o aumento na segurança com a eliminação de produtos clorados e de outros produtos de limpeza caseira.

Sob o mesmo ponto de vista, durante o período de observação, notamos que a equipe de limpeza às vezes não armazenava o produto corretamente. Além disso, notamos também que em diversas ocasiões se misturavam alguns produtos na tentativa de melhorar o rendimento e/ou economizar.

Por fim, com a substituição dos produtos de limpeza caseiro por produtos de limpeza profissional e com o treinamento adequado, conseguimos aumentar a segurança no ambiente de trabalho.

Produtos de Limpeza Caseira

Produtos de Limpeza Caseiro x Profissional – Conclusão

Finalmente foi possível concluir, sem muita dificuldade, que os produtos de limpeza caseiro não traziam quase nenhum benefício evidente para ambas as empresas.

Conforme mostrado no resultado, houve uma redução muito grande de itens necessários para a prestação do serviço por parte da Sucesso. É muito importante salientar que todos os produtos de limpeza caseiro utilizados por eles eram de muita qualidade.

A fim de facilitar a conclusão, nós calculamos:

Redução de 35% nos gastos com produtos de limpeza por parte da Sucesso.

Assim como a Sucesso teve uma economia em relação as despesas com produtos de limpeza caseiro, os contratantes dela tiveram outros benefícios. Além de mais segurança no ambiente de trabalho e melhor aproveitamento do espaço, a qualidade da limpeza ficou impecável. Enfim, a equipe de limpeza da Sucesso conseguia se organizar melhor, trabalhar melhor e oferecer um serviço de mais alto nível.

Inegavelmente, todas as mudanças geraram uma maior profissionalização da empresa. Assim como serviços com atendimento personalizado de melhor qualidade e, não menos importante, maior economia.

Produtos de Limpeza Caseiro e Pandemia. Qual a relação?

produto de limpeza profissional

Um comportamento nos chamou a atenção durante nosso acompanhamento junto a equipe de limpeza da Sucesso. Percebemos que, em muitas oportunidades, os produtos de limpeza caseiro eram misturados para formar um produto “mais potente” ou até para economizar.

No entanto, esse assunto vem tomado maior proporção não apenas entre os profissionais de limpeza, mas principalmente nas residências das pessoas. Ainda pior, as pessoas não só misturam como também  “fabricam” seus próprios produtos de limpeza caseiro.

Sem dúvida, isso pode até parecer algo que não faz sentido para muitas pessoas, porém é um assunto muito mais sério do que aparenta.

Com a chegada da pandemia, uma grande parte dos produtos de limpeza caseiro se tornaram escassos. Desse modo, vários itens da lista de produtos de limpeza doméstica não são mais facilmente encontrados no mercado como antes, por assim dizer.

Por consequência, esse tipo de conteúdo vem sendo cada vez mais procurado na internet. É muito fácil encontrar artigos e vídeos explicando misturas e formas de produzir seu próprio produto em casa.

De fato, foi o que mais nos chamou a atenção. Devido a escassez desses itens e somado à vontade de economizar, as pessoas estão cada vez mais interessadas nesses conteúdos. Facilmente você pode encontrar misturas de produtos naturais e químicos. Entretanto, o que as pessoas não sabem é: a falta de informação verdadeira pode ser muito perigosa e que podem causar sérios danos à saúde.

Anvisa: Nota Técnica 11/2020

A Anvisa, com o objetivo de alertar a população sobre os riscos da intoxicação, emitiu a Nota Técnica 11/2020. Ela lista produtos de limpeza doméstico como os principais causadores.

A NT orienta como deve ser feito o uso e o armazenamento correto dos produtos de limpeza caseiro. Além disso, ela alerta o quanto pode ser perigoso misturar e produzir produtos químicos em casa.

De acordo os Centros de Informação e Assistência Toxicológica (CIATox), houve um aumento de 23.3% de casos de intoxicação nos 4 primeiros meses de 2020. Se comparado ao mesmo período de janeiro a abril de 2018, esse aumento é de 33.68%.

Surpreendentemente, a Anvisa não lista produtos de limpeza doméstica que podem ser prejudiciais a saúde. Por isso, é sempre muito importante ler os rótulos dos produtos e, sempre que puder, optar por um produto de melhor qualidade.

Por fim…

Levando em conta tudo o que foi apresentado, podemos concluir que: existe sim uma grande diferença entre os produtos de limpeza caseiro e os profissionais. Vimos que os produtos concentrados possuem um melhor custo benefício e ainda são mais práticos.

Não é necessário misturá-los com nenhum outro tipo de produto químico para obter um melhor resultado. Na internet conseguimos encontrar diversas dicas de misturas, como por exemplo: álcool com água sanitária, água sanitária com vinagre etc. Entretanto esse tipo de mistura, além de perigosa, não é tão eficiente como os produtos de limpeza profissional.

Além disso, ficou muito claro que a falta de informação e atenção não diz respeito apenas a pessoas fora da área. Alguns profissionais da limpeza, como a equipe da Sucesso, também eram carentes de informação. Na maior parte, ao perguntar para alguém sobre limpeza, essa pessoa com certeza lista materiais de limpeza doméstica como sendo algo primordial para a desinfecção.

Em suma, procure se informar através de fontes confiáveis e, sempre que puder, opte por produtos de limpeza profissional ao invés de produtos de limpeza caseiro. Segurança e bem-estar em primeiro lugar!