O orçamento de uma empresa é sempre uma questão a ser trabalhada. Sempre haverá caminhos para melhorar os números no final do mês e garantir que o seu negócio não esteja tendo prejuízos onde não deve. Por isso, a busca por minimizar gastos sem perder a qualidade dos serviços e produtos deve ser constante.

Uma das formas de se fazer isso é investigar sobre as escolhas que você tem feito quando o assunto é material de limpeza. Apesar de parecer um serviço “invisível”, este setor é muito importante para as empresas por impactar diretamente clientes e funcionários.

Quer entender um pouco mais sobre este assunto? Fique conosco!

Limpeza e higiene NÃO é invisível 

A área de higiene e limpeza não é tão simples e invisível quanto parece. Se calcularmos todos os custos que envolvem o funcionamento satisfatório desse setor, percebemos que é necessário planejamento.

Muitas vezes, esse setor não tem a atenção que merece e é tratada em um dos dois extremos: ou é deixada à margem, causando impactos negativos para o negócio ou levada tão à sério que se acredita que é preciso gastar muito para que o setor funcione bem.

Certamente, nenhum dos dois posicionamentos é o correto. A limpeza deve ser levada a sério, mas também não precisa estourar o orçamento disponível para que ela se torne eficiente e eficaz. Vamos conhecer dicas para a redução de custos de material de limpeza nas empresas? Confira:

  • Conheça os custos e despesas 

Antes de mais nada é necessário ter conhecimento claro sobre todos os custos e despesas da empresa separados por categoria. Assim, fica fácil visualizar o peso que os materiais de limpeza e produtos de higiene têm no orçamento da organização por mês.

Às vezes, você vai perceber que de todas as despesas de materiais indiretos, os materiais de higiene e limpeza são os de menor peso monetário e que os cortes precisam acontecer em outros setores e áreas da organização.

Esse tipo de despesa não costuma ser superior a 0,5% da receita das empresas. A maior incidência de faixa de despesas é maior em cerca de 0,05% sobre a receita.

O maior nível de despesa ocorre normalmente em empresas limpadoras, onde materiais de limpeza podem representar cerca de 5% de sua receita, neste caso sim um nível de despesa relevante, já que a lucratividade desse setor não costuma ser superior a esse mesmo percentual.

  • Conheça os produtos de material de limpeza

Aproveite o máximo que cada produto lhe oferece.

Nunca leve para dentro da sua empresa produtos que você não conhece, esse erro é muito comum. Só de buscar entender melhor a especificidade de cada produto você conhece a eficiência e eficácia de cada um e evita ter vários produtos com a mesma função. Existem muitos produtos no mercado que podem ser utilizados em várias atividades diferentes com a mesma eficiência e eficácia. Alguns exemplos desses produtos são:

  • Garra Oxiativo, produto multiuso que pode ser usado para limpar vidros, pisos, paredes, mobília, bancada, tirar mancha de tecidos, etc.;
  • Panos Wiper Max60, utilizados para substituir o tradicional pano de algodão, secar utensílios de cozinha, limpar bancadas e utensílios, etc.;
  • Papel Toalha, pode ser utilizado para secar a mão, limpar bancadas, equipamentos e acessórios, etc.)

Certamente esta dica ajudará sua empresa a poupar dinheiro e tempo, facilitando e muito a atividade dos auxiliares de limpeza.

  • Evite o desperdício de material de limpeza

Crie campanhas e incentivos contra o desperdício dentro da empresa e envolva seus fornecedores de material de limpeza em suas ações, afinal de contas eles devem lhe apoiar em ações desse tipo.

Uma dica é usar o papel toalha indicado ao seu tipo de atividade e dentro dos toalheiros adequados ao tipo, isso costuma reduzir o consumo.

Ações simples como utilizar a quantidade recomendada de papel higiênico, detergentes, limpadores, manter a torneira fechada, diluir os produtos nas quantidades indicadas nas embalagens, utilizar copos plásticos de longa duração, são exemplos que ajudam a espantar o desperdício na prática.

  • Faça análises e terceirize atividades não fim

Setores como transporte, limpeza, alimentação e cópias quando terceirizados podem aumentar o nível de qualidade e até uma diminuição de custo, além de aumentar a produtividade, diminuir o tempo do serviço e garantir o uso correto de equipamentos e acessórios, devido à experiência de serviço.

Reflita e faça as contas se ao terceirizar algumas atividades o fornecimento de materiais deve ficar sobre sua responsabilidade ou da empresa de terceirização. Pode haver uma economia ao escolher sua empresa fornecer os materiais.

  • Use produtos de qualidade 

Aquela máxima de “quanto maior a qualidade, maior a eficiência e menor o desperdício” é real. Optar por produtos de qualidade e de uso profissional são muito positivos.   Mesmo que pareçam mais caros à primeira vista, com a utilização correta, geram uma maior economia, além de garantir um resultado mais satisfatório para o negócio, clientes e funcionários.

O Papel Toalha Interfolha Folha Quádrupla, por exemplo, possibilita a secagem total das mãos com a utilização de apenas uma folha, trazendo uma maior economia aliada a uma altíssima qualidade. Da mesma forma, o Papel Higiênico Folha Dupla, devido a sua alta absorção, permite a higiene pessoal com poucas folhas. E o Garra Oxiativo, que é um excelente e poderoso limpador multiuso, bastante concentrado e versátil.

Conheça aqui nossos produtos!

Lembre-se sempre que a qualidade dos produtos utilizados vai impactar diretamente no seu negócio.

  • Utilize materiais, técnicas e equipamentos adequados 

Na área da limpeza, isso faz total diferença. Além de aumentar a produtividade e a qualidade/eficiência do setor, ainda ajuda a garantir a proteção e a integridade física dos funcionários.

A depender da quantidade de funcionários ou horas de limpeza contratadas para limpeza da sua empresa é bem possível que ao investir em algumas ferramentas de limpeza a produtividade aumente a ponto de poder haver sobra de carga horária e aproveitamento dos profissionais em outras atividades.

Lavadoras automáticas de piso e mop para pisos e paredes costumam reduzir significativamente o tempo da limpeza.

  • Faça treinamentos 

Os treinamentos devem ser constantes em todos os setores, eles ajudam a evitar erros, falhas e garantir um trabalho mais produtivo, eficiente e seguro.

Além disso, são positivos para eliminar maus hábitos que os funcionários possam adquirir com o tempo, mantendo-os sempre atualizados e garantindo mais economia de produtos e mais segurança.

Usar ferramentas, produtos de limpeza especiais e máquinas de limpeza costumam ser mais bem aproveitados se treinamentos forem adicionados ao seu dia a dia, sejam eles terceirizados ou de gestão própria.

Conte com seu distribuidor de material de limpeza para lhe apoiar também nessas funções .

Siga as dicas e ative o modo economia!