O que é Sabão Antisséptico?

O sabão antisséptico é nome alternativo conferido a sabonetes e ao álcool gel que possuem propriedades bactericidas. Trata-se de um produto químico utilizado para a assepsia das mãos que, ao entrar em contato com a pele, elimina 99% dos vírus. Porém não é qualquer álcool e nem sabão que se faz eficaz no combate aos vírus que enfrentamos hoje em dia.

Estudos apontam que para ser efetivo contra vírus e bactérias, o álcool deve ter concentração acima de 60%.

Cabe a ressalva que, conforme Nota Técnica da Anvisa exclusivamente para estabelecimentos de saúde, a concentração deve ser entre 60% até 80%.

Problemas com o uso abusivo do Álcool Gel

Algo interessante para citar é que, devido ao uso frequente desta solução, pode ocorrer o ressecamento das mãos e da pele.

Outro ponto a ressaltar é que alguns produtos de baixa qualidade podem acabar deixando uma sensação ruim nas mãos, de aspecto grudento, e que acaba causando incômodos.

Existem produtos ainda que são capazes de solucionar este tipo de problema. Como por exemplo o álcool em gel ou espuma com hidratante. É muito eficaz na assepsia das mãos e responsáveis por trazer uma sensação de maciez na pele.

Sabão Antisséptico nas Pandemias

álcool em gel mesa

A maioria se lembra da gripe H1N1 de 2009. Popularmente conhecida como gripe suína, registrou dezenas de milhares de casos e óbitos em cinco continentes ao redor do mundo.

O Brasil foi um dos países que mais somaram casos de contaminação da doença. Os primeiros casos apareceram em março de 2009 e, entre junho do mesmo ano e agosto de 2010, o mundo esteve sob uma pandemia, como foi decretado pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Atualmente vivemos um novo cenário de pandemia devido ao novo coronavírus, que certamente trouxe consequências ainda maiores que a H1N1.

Durante os últimos meses vivemos sob o perigo constante da transmissão do “covid-19”, e as ações de prevenção ao contágio foram e ainda são essenciais para evitar um número cada vez maior de pessoas infectadas.

Por isso, enquanto não encontrarmos uma vacina, a única maneira de nos proteger é obedecendo as medidas de segurança.

Dentre essas medidas indicadas pelos órgãos competentes do país e temos o distanciamento social, uso de máscaras e o uso frequente do álcool em gel ou em espuma para as mãos.

Inegavelmente, um produto que já era adotado por uma parte da população, agora se tornou um item indispensável em nosso dia a dia. Seja em escritórios ou em home office, no mercado ou em qualquer outro tipo de atividade realizada.

Sabão Antisséptico ou Álcool em Gel

Pouco conhecido pelos brasileiros antes de 2009, o álcool gel surgiu como o grande aliado contra a transmissão dos vírus.

Tanto o vírus do H1N1 quanto do Covid-19 são transmitidos pelo ar e pelas superfícies. Assim, é de vital importância o uso do álcool hidratante em gel para desinfetar as mãos.

Em suma, isso ocorre porque estamos tocando em tudo o tempo todo, e isso faz de nossas mãos um verdadeiro meio de transporte de vírus e bactérias para dentro do nosso corpo.

Um dado interessante de ressaltar é que nós tocamos em nosso rosto, em média, três vezes por minuto. Certamente esse fato permite maior chance de contaminação, pois o patógeno pode se alojar próximo de nossa boca, nariz e olhos.

Por esse motivo, houve uma popularização do álcool em gel. Afinal, muitas pessoas criaram a rotina de carregarem consigo um frasco para higienizar as mãos ao longo do dia.

Escolas e ambientes com grande concentração de pessoas, como por exemplo os shoppings, também passaram a disponibilizar o produto de forma gratuita e em diferentes ambientes.

Álcool em Gel e ANVISA 

Em 2010, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), confirmando a importância do álcool em gel na prevenção de doenças, obrigou todos os serviços de saúde do país a disponibiliza-lo para a higienização das mãos dos profissionais da área.

É importante lembrar que o álcool em gel 70% é o mais eficaz e seguro para a higienização. Não deve ser substituído pelo utilizado na limpeza doméstica ou por outro álcool que tenha concentração maior, como os de 90%, pois esses podem causar irritações na pele e ainda não são desinfetantes.

Álcool x Água e Sabão

lavar as maos

Tanto a higienização das mãos com álcool em gel quanto com água e sabão são eficazes. Porém, se as mãos estiverem sujas, ou seja, com resíduos visíveis conhecidos como sujidades, é necessário lavá-las antes de utilizar o álcool gel hidratante.

Entretanto, não adianta colocar as mãos embaixo da torneira por cinco segundos apenas. São necessários pelos menos de 30 segundos para eliminar os vírus e bactérias. Veja aqui como higienizar as mãos corretamente.

A utilização do álcool em gel se faz muito prática quando há falta de pias e torneiras por perto, como quando estamos na rua ou em locais públicos.

Sabão Antisséptico nos Hospitais

De acordo com a Anvisa, higienizar as mãos, seja com álcool 70º em gel ou com água e sabão, é a maneira mais eficaz e barata de reduzir os casos de infecção hospitalar.

Embora seja senso comum, ainda é necessário que a maioria dos profissionais da área participe de ações educativas quanto à importância desse ato. De acordo com um levantamento feito pela agência em 2012, apenas 53% das unidades de saúde possuem álcool em gel disponível aos funcionários.

O Estado de São Paulo possui em andamento o projeto “Mãos limpas são mais seguras” que promove educação sobre a higienização correta das mãos entre os profissionais da saúde e que já conta com a adesão de 110 hospitais.

Álcool em gel Hidratante

alcool gel

Com a utilização frequente do álcool em gel para assepsia das mãos, é normal que as mãos fiquem ressecadas. Por isso, existem produtos que foram criados para solucionar este tipo de situação.

No momento de escolher o álcool hidratante ao ser utilizado por você ou na sua empresa, procure pelo que tiver em sua composição agentes hidratantes como o D-Pantenol, Glicerina e Vitamina E.

O álcool gel hidratante, além de desinfetar a mão, vai deixá-la com uma sensação mais macia e com menos aspecto de ressecada. Além de evitar, por exemplo, problemas como a dermatite.

Por isso, é importante optar por um álcool com maior qualidade e garantir assim a proteção e saúde da pele.

Para ver as nossas indicações de álcool em gel e álcool espuma para a higiene das mãos, clique aqui.

Dicas para escolher Álcool Gel e Sabonetes Líquidos!

É de fundamental importância a aquisição consciente do sistema de higienização de mãos em empresas.

Por isso, nossa sugestão é escolher fornecedores que possuam:

  1. Dispensadores com alta qualidade, já que os sabonetes e álcool serão usados com grande frequência;
  2. Adesivos que identifiquem o conteúdo e o modo de utilização dos produtos, obrigatório para a segurança do trabalhador;
  3. Produtos que contenham hidratantes, já que o uso continuo poderia ressecar as mãos na ausência destes componentes;
  4. Fabricantes e produtos com documentação em dia para garantir a segurança dos usuários.

Conclusão

Nós da Hygibras atuamos na área de higiene e limpeza há mais de 24 anos e nos sentimos na responsabilidade de alertar e conscientizar nossos clientes sobre a importância da utilização de produtos de alta qualidade.

Reflita sobre isso na sua próxima compra e conte conosco para ajudá-lo!

Fontes: