O que é Sabonete?

O sabonete é um cosmético com ação detergente, voltado para a higiene pessoal. Cujo objetivo é limpar e retirar da pele a gordura superficial, bem como sujeiras, bactérias e impurezas. Existem diferentes tipos de sabonetes, para as mais variadas necessidades.

Selecionamos 5 dicas que vão te ajudar na hora de escolher o melhor sabonete para a sua empresa, são elas:

1 – O tipo do sabonete

2 – As formas do sabonete

3 – Os reservatórios e dispensers para sabonete

4 – A qualidade do produto

5 – O preço do sabonete

marketing olfativo

1 – Escolha pelo tipo de sabonete

Certamente existe uma grande variedade de sabonetes no mercado: para o banho, para o rosto, bactericida, infantil, desengraxante, de uso íntimo, etc. Saber escolher e usar exatamente o sabonete que se encaixa na sua necessidade é essencial para um melhor aproveitamento do produto e uma limpeza eficiente, contribuindo com sua saúde.

Segundo a Anvisa, os sabonetes para uso em nossas empresas como: Sabonete Bactericida ou Antisséptico, Sabonete de Banho, Sabonete Desengraxante, Sabão Gel e todos os demais tipos, exigem comprovação de segurança e eficácia, bem como informações de uso e restrições.

Por isso, é necessário ficar atento aos rótulos e publicidade destes produtos para verificar se tal comprovação é cumprida pela empresa. Esse fator diferenciará as empresas mais sérias e comprometidas com você e seu negócio.

  • Sabonete Antisséptico, Sabonete Antibacteriano ou Sabonete bactericida

Possui um maior poder de detergência e remove com mais eficiência as impurezas da pele, garantindo uma maior higienização e desinfecção. O objetivo é eliminar bactérias que escapam ao sabonete comum.

É indicado para locais onde a anti-sepsia seja fundamental, tais como: hospitais, clínicas, laboratórios, clínicas veterinárias, restaurantes, refeitórios, cozinhas industriais, etc.

Também é indicado por dermatologistas para controlar infecções e irritações. Porém eles aconselham que sejam utilizados com moderação. Já que a utilização em excesso pode eliminar também as bactérias boas e essenciais para a nossa pele, causando um desequilíbrio.

Atualmente existem no mercado produtos que não agridem ou ressecam as mãos de quem necessita utilizar de forma constante e frequente este produto.

Para saber mais sobre estes produtos, clique aqui e conheça algumas opções.

  • Sabonete Desengraxante

É recomendado para uma limpeza mais profunda e pesada. Geralmente indicado para profissionais que trabalham em áreas que utilizam graxas e óleos, como: oficinas e indústrias mecânicas, de manutenção de motores, equipamentos eletrônicos, produção e montagem de equipamentos, etc.

Apesar de limpar profundamente, a formulação destes produtos não deve apresentar perigos à pele ou a saúde de quem utiliza, tornando a limpeza mais fácil, além de hidratar a pele.

Indicamos a análise profunda desse tipo de sabonete, uma vez que o poder de limpeza não pode comprometer a qualidade da hidratação das mãos. Portanto uma escolha infeliz pode gerar problemas de dermatites e ressecamento da pele dos funcionários.

  • Sabonete para banho – corpo e cabelo (2 em 1)

Este tipo de sabonete reúne, em um único produto, funções de sabonete e shampoo. Deve proporcionar uma limpeza eficiente além de suavidade e hidratação para a pele e o cabelo. Indicado para hotéis, motéis, clubes, academias e vestiários. Resulta em maior praticidade e economia para estabelecimentos devido a forma de obtenção, através de uma espécie de saboneteiras, muito práticas e econômicas.

  • Sabonete Álcool

Também conhecido como álcool em gel, torna muito mais prática a lavagem das mãos, podendo ser usado diretamente para desinfecção de mãos, com muita segurança.

Certamente seu uso é indicado para higienização das mãos quando estão visivelmente limpas, essa é a dica dos especialistas ! Melhor ainda é a outra dica, usando álcool de boa qualidade e com propriedades hidratantes os hospitais estão aumentando em muito a higienização das mesmas e com isso aumentando o consumo desse tipo de produto. Ainda mais quando a própria ANVISA recomenda o aumento do consumo para evitar transmissão de doenças !

2 – Escolha pelas formas existentes

Na hora de decidir, você irá se deparar com diferentes formas: sabonete líquido, espuma, em gel, spray, dentre outros. Vejamos na sequência os detalhes de cada um:

  • Sabonete Líquido

É considerado um excelente custo-benefício para a maioria das empresas. São concentrados, cremosos e com um perfume agradável.

Hoje existem dosadores que se adequam as necessidades de cada empresa. Para saber mais sobre os dispensers ( porta sabonete) e saboneteiras existentes, fique conosco que abordaremos sobre isso no próximo tópico.

Quando são comercializados em galões para reabastecimento é fundamental que haja higienização periódica nos recipientes a fim de garantir a qualidade do sabonete.

  • Sabonete Espuma

Oferece uma maior cobertura das mãos e é mais agradável ao tato. Geralmente acompanham dispensers com dosadores específicos e apenas um acionamento é suficiente para uma higienização eficiente.

Existem até mesmo produtos com álcool nessa forma de espuma.

  • Sabonete Spray

Fórmula bastante concentrada e de alto rendimento o que proporciona uma menor necessidade de produto para a higienização. Geralmente acompanha uma saboneteira especifica que dosa a quantidade ideal do produto. Nesse formato a liberação do sabonete é bem reduzida, cerca de 0,2 ml por acionamento. Como o volume de líquido liberados sobre as mãos é pequena, pode haver um maior volume de acionamentos para seu uso.

  • Sabonete em Gel

Sua diferença em relação ao líquido é o fato de ser muito mais viscoso, costuma ser mais concentrado e cremoso. Podendo conter ou não um perfume.

A viscosidade, contudo, não deve ser associada a concentração do sabonete. A determinação do nível de viscosidade é realizada com outros produtos químicos que não necessariamente ingredientes de limpeza.

  • Sabonete em barra

Este tipo geralmente é utilizado em ambiente doméstico, principalmente para tomar banho. Ele não é indicado para utilização em ambiente profissional, para a lavagem das mãos. Afinal uma vez que, por ficarem expostos e serem de questionável higienização, aumentam as chances da propagação de bactérias nocivas.

Além disso, o PH de sabonetes em barra, tende a ser mais alto do que o PH da nossa pele. O que aumenta a chance de irritação e ressecamento da mesma.

3 – Escolha pelo tipo de dispensers

Há no mercado uma grande variedade de saboneteiras para empresas, desde saboneteiras mais simples às mais tecnológicas.

  • Saboneteira ou Porta Sabonete para sabonete líquido ou gel de galões

É recomendada para banheiros de empresas que querem causar bom impacto a clientes e funcionários, como bares, restaurantes, clínicas, laboratórios, escritórios, condomínios residenciais ou empresariais. Geralmente são acoplados na parede e possuem o acionamento manual por meio de um botão. Esse tipo de dispenser contem em seu interior um recipiente para armazenar os sabonetes líquidos. Existe um detalhe importante, o recipiente tem que ser higienizado periodicamente a fim de eliminar o risco da contaminação do sabonete, podendo gerar doenças na pele dos usuários.

Esse seria o inconveniente do uso de sabonetes de “abastecer”, a falta de higienização do recipiente pode comprometer a vida útil do sabonete.  É comum o relato de produtos com mal cheiro em dispensers. O protocolo de reabastecimento demanda maior tempo do profissional de limpeza e tempo hoje em dia é um artigo bastante disputado. Enfim, ao deixar de realizar o procedimento correto o sabonete acaba se deteriorando devido ao seu acúmulo anos recipientes.

  • Saboneteira ou Porta Sabonete para sabonete líquido ou gel de refil

É recomendada também para banheiros de empresas que querem causar bom impacto com clientes e funcionários, como bares, restaurantes, clínicas, laboratórios, escritórios, condomínios residenciais ou empresariais. Geralmente são acoplados na parede e possuem o acionamento manual por meio de um botão. Esse tipo de dispenser contem em seu interior um recipiente para armazenar os sabonetes líquidos. Existe uma vantagem adicional a esse tipo, o refil é descartado após seu consumo total.

Portanto seu consumo é total, sem desperdícios e não existe chance de contaminação do produto.

  • Saboneteira eletrônica ou Saboneteira com Sensor

Proporcionam um maior conforto e higiene, além de economia para a empresa, já que libera a quantidade exata do produto para a lavagem das mãos. É recomendado para: laboratórios, clínicas, hospitais, escritórios, shoppings, aeroportos e fábricas. O acionamento é muito higiênico, uma vez que não necessita de contato manual no botão da saboneteira.

Certamente o único inconveniente é o uso e reposição de pilhas.

Similarmente prático é o tipo de sabonete usado, serão os sabonetes em refil.

4 – Escolha pela qualidade

Pois sabonetes de qualidade superior, possuem em sua fórmula agentes hidrantes, que possibilitam a higienização constante das mãos sem causar qualquer irritação ou sensibilidade a pele.

Certamente garante uma maior proteção e, consequentemente, mais saúde para todos da empresa.

Já sabonetes de qualidade inferior, não possuem tais agentes em sua formulação, o que aumenta a proliferação de bactérias nocivas e o risco de contração de doenças, podendo refletir inclusive nas faltas de funcionários por motivos de saúde.

Até mesmo os sabonetes bactericidas podem ter em sua composição agentes hidrantes.

Portanto os usuários desses sabonetes especiais aderem muito mais ao procedimento de higienização das mãos do que aos sabonetes de baixa qualidade. Além disso, o uso de produtos de qualidade, podem influenciar positivamente na imagem que os clientes fazem de uma empresa.

5 – Escolha pelo preço

Afinal, o preço é o fator mais fácil de enxergar, apesar de não ser o mais simples de entender, por estar diretamente ligado ao rendimento de cada produto.

Geralmente, a quantidade do produto, o seu rendimento e a sua qualidade, estão totalmente associados ao fator preço. Com o sabonete não é diferente. E é necessário considerar o melhor custo benefício para a sua empresa.

Vamos para dois exemplos para facilitar o entendimento:

  • O sabonete líquido em galão de 5 litros, por exemplo, pode ter um valor menor quando comparado a outros sabonetes em embalagens menores como um refil de espuma, por exemplo.

Ele pode oferecer uma quantidade maior do produto, porém o rendimento em termos de lavagens de mãos pode ser menor que o desse refil, por exemplo. O que resulta em gasto menor ao final do mês.

  • Outro formato é o sabonete espuma. O refil possui um preço mais elevado que o galão de 5 litros. No entanto, por ser mais concentrado e possuir um dispenser próprio que controla a quantidade liberada do produto, é utilizado menos sabonete para a higienização das mãos, o que gera uma economia ainda maior.

Por isso, escolher o sabonete apenas por ser o mais barato, não é a opção mais inteligente. Afinal o produto “mais caro”, quando pensado em todo o custo-benefício acaba custando menos para as empresas ao final do mês. E o mais barato, geralmente custa mais caro.

Conclusão

No momento de escolher seu sabonete ou saboneteira para a sua empresa. Assim você irá se deparar com uma quantidade enorme de tipos, formas e empresas no mercado.

Uma dica valiosa é conhecer mais sobre as marcas e saber qual oferece maior variedade e qualidade de produto, bem como o melhor custo-benefício para a sua empresa.

Portanto procure por uma marca que mantenha o alto padrão que a sua empresa deseja, além de se atentar às características e indicações para cada tipo de produto, baseado em sua atividade empresarial.

Possuímos uma variedade de sabonetes profissionais para empresas, que se encaixam em qualquer estabelecimento, além de um alto padrão de qualidade.

Fontes: