Qual a importância da MRO para uma empresa?

MRO: Entender tudo sobre o processo de gestão de mro ou mro compras e como aplicar em uma organização é uma das funções dos profissionais a frente da logística e do controle de suprimentos.

É importante ressaltar, que os materiais que entram no processo de gestão mro compras, são itens que não são matérias primas. Como por exemplo, produtos de limpeza, lâmpadas, papelaria e ferramentas operacionais.

Sendo assim, a gestão de mro tem o objetivo de gerenciar todos os itens que tornam possível o pleno funcionamento de uma empresa, mas que não são itens presentes no produto final comercializado por ela.

A mro compras é uma prática que está muito presente, principalmente no segmento industrial, e favorece o armazenamento estratégico dos produtos, evitando desperdício, perdas, acidentes e, consequentemente, prejuízos ao negócio. Quando há um MRO eficiente, feito com regularidade e assiduidade, há menos gastos e melhores chances de competitividade no mercado.

mro compras

O mro compras é uma prática que vem sendo cada vez mais usada por empresas para gestão de materiais.

Diante disso, preparamos este artigo com informações importantes para o gerenciamento dos estoques das empresas e para o melhor aproveitamento de produtos de limpeza e higiene armazenados. Boa leitura! Se preferir, pode navegar pelos tópicos abaixo:

Qual a importância da MRO para uma empresa? 

O que é MRO? 

Quais categorias a gestão de MRO envolve? 

Como a gestão de itens de manutenção, reparo e operação impacta as empresas? 

Controle dos produtos de limpeza MRO: Através de planilha ou sistema específico

Se preferir, pode consumir esse conteúdo em formato de podcast:

O que é MRO?

MRO é a sigla de Manutenção, reparo e operações, que estabelece cada etapa da gestão de materiais e envolve tudo que tenha relação com o armazenamento e controle de processos para o funcionamento de uma indústria. Incluindo, desde peças com baixo valor unitário como parafusos, até produtos maiores e de custos mais elevados.

Como a própria sigla indica, a MRO envolve três categorias fundamentais de itens que fazem parte do dia a dia de uma empresa e que são fundamentais para atender as demandas de consertos, limpeza, material de escritório, entre outras. Dessa forma, alguns dos produtos que compõem a MRO, podemos citar produtos de limpeza profissionais, produtos de informática, produtos de papelaria e ferramentas.

É evidente, então, que os itens de MRO possuem características especificas, que os diferenciam dos demais materiais que compõem os estoques em geral.

Normalmente, temos duas situações que envolvem estes itens. Veja abaixo:

A primeira: Itens de valor unitário baixo e alto giro, como materiais de escritório, por exemplo.

A segunda: Itens que possuem a maior parte do valor do estoque da mro compras, trata de equipamentos, e, ou, peças de reposição para máquinas de operações.

De acordo com autores que estudam sobre o tema, entre 90% e 95% do valor de estoque MRO possui as seguintes características:

  • Baixo / baixíssimo consumo;
  • Demanda intermitente e não previsível;
  • Alto custo unitário;
  • Alto tempo de reposição;
  • Alta criticidade para a operação.

Já entendemos o que é MRO e do que é composta, agora vamos conhecer cada uma de suas categorias e conhecer o que cada uma engloba.

Quais categorias a gestão de Manutenção, Reparo e Operação envolve?

A primeira categoria da mro compras é a de manutenção, inclui todos os produtos e acessórios que possibilitam a manutenção de uma empresa. Como exemplo, podemos destacar os materiais de limpeza de limpeza profissionais, lâmpadas e ferramentas operacionais.

o que é mro

Synd 250 é um dos produtos de limpeza que estão na categoria de manutenção da MRO.

Assim, dentro do conceito de manutenção, estão todos os itens indispensáveis para que a produção se desenvolva em um ambiente limpo, adequado e organizado.

Já na segunda categoria, a de reparo, estão todos os itens importantes para realizar o conserto das máquinas e equipamentos responsáveis pela produção. Alguns exemplos são: Soldas, porcas, parafusos, pregos, entre outros.

Ter sempre à disposição os materiais que vão servir para o conserto do maquinário auxilia na otimização do tempo de equipamentos parados, evitando perdas no volume de produção.

Por fim, temos a categoria operação, que inclui todos os materiais necessários para o funcionamento do processo produtivo, como exemplo, podemos citar: Equipamento de Proteção Individual (EPI), ferramentas de corte e instrumentos de teste.

gestão de mro

O EPI é um dos itens que estão na parte de Operação da MRO.

Os itens de operação são de fundamental importância para a continuidade do dia a dia, uma vez que eles têm influência direta na segurança e na qualidade da produção.

Resumidamente:

  • Manutenção: São itens de manutenção necessários para manter a indústria em perfeito funcionamento, entre eles, materiais e produtos de limpeza, materiais elétricos e ferramentas manuais. É importante destacar que nessa categoria um dos itens mais importante são os produtos de limpeza, responsáveis por manter o ambiente limpo, organizado e higienizado, promovendo o bem-estar e saúde de todos os profissionais. Alguns empresas optam por manter o controle próprio de todo o processo de gestão dos materiais de limpeza e acabam adquirindo produtos de menor qualidade ou perdendo alguns prazos de pedido.

Contar com empresas parceiras para controle e aquisição desse item é de extrema importância.

A Hygibras especialista em produtos de limpeza, cuida além da distribuição de produtos de qualidade, de toda a parte de documentação e estoques mínimos e gestão orçamentária.

  • Reparos: Entram itens indispensáveis para reparar os equipamentos usados e altamente exigidos ao longo do processo de produção. Estes reparos podem ser feitos em paradas programadas para manutenção preventiva ou em paradas imediatas para manutenção corretiva. São componentes que vão de parafusos até os mais específicos materiais, usados em projetos especiais.
  • Operações: Itens de operações são aqueles fundamentais para manter o funcionamento das indústrias de modo eficiente e seguro, como uniformes e equipamentos de segurança.

Gestão eficiente do estoque empresarial

Antes de citarmos todos os benefícios de uma gestão MRO adequada, vamos entender um pouco mais sobre o estoque das empresas, já que sua administração eficaz e estratégica influência diretamente as condições da MRO.

Segundo a definição de Ronald H. Ballou, professor de Operações na Weatherhead School of Management, em Cleveland, Ohio, o estoque trata-se de acumulações de matérias-primas, suprimentos, componentes, materiais em processo e produtos acabados que surgem em numerosos pontos do canal de produção e logística das empresas.

Realizar a gestão e controle dos estoques são metas fundamentais para a administração das empresas, pois, é por meio dessas ações, é possível estabelecer níveis adequados sem afetar o ciclo de comercialização, reduzindo o impacto negativo no fluxo de mercadorias à venda.

mro

O controle do estoque de uma empresa influência diretamente na MRO.

A razão se origina devido a independência entre as etapas produtivas, nas quais quanto maior o estoque, maior será também a relação entre as atividades, evitando a ocorrência de interrupções por falta de suprimentos.

Neste sentido, podemos notar a relação com a MRO compras e sua necessidade de oferecer os recursos indiretos, no entanto, fundamentais aos processos de produção e execução.

Como a gestão de itens de manutenção, reparo e operação impacta as empresas?

Nesse momento, vamos conhecer todos os benefícios gerados às empresas por meio da gestão de estoque MRO compras.

Uma vez que as vantagens de uma administração eficiente da MRO refletem na perspectiva financeira e operacional, possibilitando que tudo funcione corretamente dentro da rotina das produções em larga escala, gerir suprimentos de MRO é fundamental, principalmente para que a empresa não tenha que lidar com problemas que impeçam ou atrapalhem a dinâmica de sua produtividade.

Pois evidentemente, qualquer queda na cadeia de produção, pode acarretar em prejuízos significativos, atrasos na entrega e até mesmo comprometer o relacionamento com distribuidores e clientes.

Além disso, falhas na gestão de materiais podem comprometer o reabastecimento do estoque. E a falta de itens como parafusos e peças para reparos de equipamentos, podem repercutir em danos custosos demais para a empresa.

Sendo assim, destacamos aqui as vantagens de realizar a gestão de estoque MRO compras, veja abaixo:

Redução de despesas

Uma das principais vantagens de realizar a gestão de estoque MRO é a redução de despesas, já que ao gerir adequadamente o estoque, é possível evitar:

  • Equipamentos sem manutenção e danificados;
  • Itens estocado obsoletos e perca do prazo de validade;
  • Materiais comprados em excesso ou em quantidade insuficiente, exigindo compras adicionais de urgência.

Por isso, o estoque deve ser planejado de acordo com a quantidade dos materiais MRO que serão utilizados na empresa durante um determinado período.

Neste sentido, é fundamental sempre checar a validade de cada item e o período necessário de manutenção dos equipamentos que pedem reparos específicos.

Eficiência na localização central do estoque de MRO

Na gestão de estoque MRO compras, é recomendado reservar um ambiente central por instalação para organizar o local de todos os materiais.

Em um ambiente desorganizado, há mais chances de ocorrer o extravio de materiais, além do desperdício de tempo para encontrar os itens que procura.

Uma dica válida ao montar um estoque MRO compras, é adotar sistemas integrados de gestão de estoque que são capazes de monitorar os itens e realizar o controle de entrada e saída.

Otimização dos processos

Ao introduzir a gestão de estoque MRO, é possível obter maior otimização dos processos da empresa.

Pois a necessidade de reparo do maquinário produtivo é verificada com constância, o que reduz a chance de um equipamento parar de funcionar e interromper os processos de produção em andamento.

A gestão de materiais de higiene e limpeza da empresa está diretamente relacionado à manutenção da produtividade do espaço.

Como falamos ao longo deste artigo, um dos itens que compõem as categorias da MRO são os materiais e produtos de limpeza.

produtos de limpeza

Um dos itens mais importantes da Manutenção, são os materiais de limpeza.

Estes itens devem ser comprados, organizados e armazenados de modo que seu uso e sua aplicação proporcionem práticas de limpeza e higiene mais eficazes, dinâmicas e rentáveis à empresa.

Economia, sustentabilidade e produtividade são encontradas quando os materiais de limpeza são adquiridos de acordo com a necessidade, aplicados e estocados de forma correta.

Com isso, não há dúvidas de que ambientes arrumados e higienizados fazem bem para saúde mental e estimulam a produtividade.

Então, diante da importância de uma gestão inteligente de materiais de higiene e limpeza da empresa, veja algumas dicas para tornar isso possível no dia a dia das atividades:

Leia sempre o rótulo

O rótulo dos produtos não está ali à toa. As informações contidas nele não podem ser ignoradas.

O rótulo é importante para informar sobre o uso correto do produto, se há necessidade de algum cuidado específico, a forma de armazenagem, entre outras informações.

Além disso, em caso de acidente, as informações existentes no rótulo podem orientar sobre como proceder com os cuidados precisos.

Outra informação fundamental: É muito importante não fazer diluição dos produtos de limpeza sem consultar as orientações da embalagem.

A mistura de alguns produtos pode causar acidentes graves e as vezes até fatal. Fique atento.

Descarte produtos vencidos

A atenção nas datas de validade dos produtos de limpeza é muito importante no momento da gestão e organização da MRO.

Verificar constantemente as datas é fundamental, pois o uso de produtos vencidos, além de comprometer a eficácia do produto, pode também causar danos à saúde, como alergias e contaminações.

Assim, a recomendação é deixar mais visível os itens que estão com um prazo de validade menor e organizá-los na parte da frente do armário ou da prateleira.

Utilize soluções otimizadas

É indicado incluir soluções otimizadas na gestão dos produtos de limpeza, já que torna mais fácil o controle e reduz a ocorrência de erros relacionados aos dados dos produtos.

Outra vantagem das soluções otimizadas, que podem ser feitas principalmente por empresas terceirizadas, é a melhoria do fluxo dos materiais dentro e fora do estoque.

E se tratando da gestão de produtos químicos, o cuidado no manuseio e no armazenamento é indispensável, pois algumas combinações de produtos podem gerar riscos à saúde dos colaboradores e clientes.

Atenção à temperatura do ambiente

Outro fator que deve ser verificado na gestão do estoque de produtos de limpeza é a temperatura do local onde estão, pois ela influencia diretamente na durabilidade e na conservação.

Analisar às informações dos rótulos se torna ainda mais importante nesse caso. Nele, estará a indicação de melhor temperatura para cada tipo de produto.

Outro ponto importante, é ter mente que os ambientes úmidos podem ser prejudiciais aos produtos e podem ocasionar o comprometimento e a deterioração das embalagens e do próprio conteúdo.

E do mesmo modo, os espaços muito quentes podem provocar reações químicas nos materiais.

Sabemos que alguns produtos são altamente inflamáveis, como álcool e querosene, então, todo cuidado é pouco na hora da gestão de materiais de higiene e de limpeza da empresa.

Esse cuidado e atenção vão permitir uma redução de custos, evitar a falta de materiais e garantir um espaço com a limpeza e a organização sempre em dia. Além da segurança de todos.

Em resumo, na gestão e no armazenamento de itens de limpeza em MRO, podemos destacar:

  • Verificar as indicações do fabricante no rótulo (A orientação em geral é usar prateleiras, armários ou suportes específicos para isso. Cestos, nichos e ganchos para vassouras e escovas também ajudam na organização);
  • Manter as embalagens dos itens de limpeza longe da luz direta e do calor;
  • Criar uma relação de todos os materiais de limpeza e higiene usados pela empresa;
  • Criar uma lista para controle de produtos de limpeza essenciais para sua empresa (Tipo de piso, o material dos móveis e superfícies são alguns aspectos que devem ser levados em conta);
  • Levar em consideração cada atividade desempenhada pela empresa (ambientes engordurados ou com graxa requerem produtos e processos diferentes).

Controle dos produtos de limpeza: Através de planilha ou sistema específico.

Uma última dica que pode ser uma essencial para conduzir de forma mais econômica, consciente e eficiente os itens de MRO relacionados à limpeza da empresa é criar uma planilha ou obter um sistema de controle específico para organizar todos os produtos.

controle de estoque

O controle da MRO deve ser realizado através de uma planilha ou sistema.

Em um caso mais simples, a planilha é a opção mais adequada. Crie uma na qual a primeira coluna seja destinada à relação de todos os materiais utilizados pela empresa.

Após, separe as colunas por semana ou dia, dependendo da frequência de limpeza da empresa.

Assim, a cada vez que um dos itens é utilizado, deve ser feita uma marcação no período relacionado.

Essa planilha ajuda, inclusive, a saber a quantidade média de uso de cada produto, possibilitando prever a data mais indicada para compra dos itens.

Além disso, é importante sempre manter a ficha técnica e laudo próximo ao produto, facilitando o uso e evitando acidentes e desperdícios.

Produtos e segurança

Por fim, lembre-se que para garantir a segurança de todos os colaboradores da empresa, os produtos de limpeza não devem ser trocados de embalagem, e jamais devem ser armazenados em garrafas PET, por exemplo.

Os recipientes dos produtos de limpeza são desenvolvidos especificamente para serem resistentes ao conteúdo e o rótulo contém informações importantes, como mencionamos acima.

Por meio de sua embalagem original, é possível conferir a procedência do fabricante. O mesmo deve ter licença da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que é fundamental  para assegurar a procedência do produto e identificar o químico responsável em sua formulação.

Conte com a Hygibras para melhores práticas dos itens de limpeza na MRO de sua empresa.

Você sabia que a aquisição não planejada de materiais e produtos de limpeza pode custar até 17 vezes o valor desses itens?

Conte sempre com a Hygibras, que através de um sistema de gestão de estoque de produtos de limpeza, otimiza os investimentos, reduz os estoques e entrega produtos na data necessária.

Além disso, é especialista em fornecimento de produtos e equipamentos de limpeza de alta performance para todos os segmentos empresariais no estado de São Paulo.

A metodologia integrada da Hygibras, consiste em ouvir, entender e analisar as necessidades e os resultados almejados por cada empresa e, a partir disso, resolver questões, como:

  • Aumento da produtividade das equipes de limpeza;
  • Melhorias na qualidade de processos e produtos;
  • Geração de economia direta e indireta;
  • Bem-estar e Saúde dos clientes, profissionais e colaboradores presentes nos ambientes empresariais.

Contamos com uma equipe de profissionais especializados há mais de 28 anos no mercado, capazes de atuar com maior assertividade em nossa consultoria.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você. Conte conosco nessa jornada na MRO e entre em contato pelo nosso site de limpeza profissional!

E não deixe de conferir nossa página de materiais gratuitos sobre limpeza profissional com conteúdo que você pode baixar.

Leia também nossos artigos sobre:

Dicas de como comprar materiais de limpeza.

Como economizar com produtos de limpeza profissional.

Depósito de material de limpeza ou DML: Qual a importância?